COM­PA­RA­TI­VO

PC Guia - - ÍNDICE -

Os melhores smartpho­nes até 300 eu­ros

Cus­tam me­nos de tre­zen­tos eu­ros e ofe­re­cem um de­sem­pe­nho equi­va­len­te a mo­de­los de to­po de 2017, com de­sign e fun­ci­o­na­li­da­des de 2019. Se es­tá a pensar tro­car de te­le­mó­vel e o seu or­ça­men­to não é mi­li­o­ná­rio, estes são os dez mo­de­los que tem de co­nhe­cer.

O mer­ca­do dos smartpho­nes é aque­le que mai­or cres­ci­men­to e evo­lu­ção tem re­gis­ta­do na úl­ti­ma dé­ca­da, si­tu­a­ção es­sa que per­mi­tiu a fa­bri­can­tes lan­ça­rem no mer­ca­do mo­de­los abai­xo de tre­zen­tos eu­ros ca­pa­zes de ofe­re­cer o mes­mo de­sem­pe­nho que mo­de­los de to­po que estavam à ven­da em 2017. E is­to sem con­tar com as fun­ci­o­na­li­da­des, já que mui­tos dos smartpho­nes aqui tes­ta­dos re­cor­rem a fun­ci­o­na­li­da­des que es­tão igual­men­te dis­po­ní­veis nos to­po de ga­ma ac­tu­al­men­te em co­mer­ci­a­li­za­ção.

EVO­LU­ÇÃO CONS­TAN­TE

Dois dos pon­tos on­de vi­mos uma mai­or evo­lu­ção fa­ce a mo­de­los do mes­mo valor, mais an­ti­gos, tem si­do no de­sign e na qua­li­da­de de cons­tru­ção, sen­do mais fre­quen­te en­con­trar­mos equi­pa­men­tos que re­cor­rem a es­tru­tu­ras me­tá­li­cas e aca­ba­men­tos em vidro, em vez dos tra­di­ci­o­nais cor­pos to­tal­men­te em plás­ti­co, em­bo­ra con­ti­nu­em a exis­tir mo­de­los com estes aca­ba­men­tos me­nos no­bres. Igual­men­te im­por­tan­te tem si­do o lan­ça­men­to cons­tan­te de no­vos chip­sets, que ofe­re­cem mai­or de­sem­pe­nho, tan­to no pro­ces­sa­men­to de da­dos co­mo no grá­fi­co, mai­or efi­ci­ên­cia ener­gé­ti­ca, com­pa­ti­bi­li­da­de pa­ra mai­or ca­pa­ci­da­de de me­mó­ria e ar­ma­ze­na­men­to.

O QUE TER EM CON­TA?

Pa­ra de­ter­mi­nar­mos qual o me­lhor smartpho­ne do mer­ca­do, até um li­mi­te de tre­zen­tos eu­ros, pe­di­mos aos prin­ci­pais fa­bri­can­tes a ac­tu­ar em Portugal que nos en­vi­as­sem uma uni­da­de pa­ra fa­zer os nos­sos ha­bi­tu­ais tes­tes pa­ra ava­li­ar a qua­li­da­de de ima­gem do ecrã e o de­sem­pe­nho específico em pon­tos ful­crais co­mo a au­to­no­mia e as câ­ma­ras, tan­to fron­tais co­mo tra­sei­ras.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.