Nou­dar não é o fim nem o prin­cí­pio do mun­do: é qual­quer coi­sa de in­ter­mé­dio

Publico - Fugas - - ALENTEJO -

A um sal­to de rio de Es­pa­nha, o Par­que de Na­tu­re­za de Nou­dar de­se­nha-se co­mo uma es­pé­cie de mu­seu vi­vo do pré-Al­que­va. En­tre mon­ta­dos e azi­nhais, cul­ti­va-se a tra­di­ção e ali­men­ta-se o bra­vio à es­pe­ra do lin­ce-ibé­ri­co. En­quan­to es­te não che­ga, as­sis­ta-se à bra­ma dos ve­a­dos, ob­ser­ve-se o céu noc­tur­no, su­ba-se ao cas­te­lo ou não se fa­ça na­da — de pre­fe­rên­cia, jun­to à pis­ci­na. An­dreia Mar­ques Pereira (tex­to) e Nelson Gar­ri­do ( fo­tos)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.