Ha­bi­ta­ção

Publico - Imobiliario - - Oportunidades -

Pre­ços com va­ri­a­ção ho­mó­lo­ga de 11,7% em Se­tú­bal Em Se­tú­bal, o Ín­di­ce de Pre­ços Re­si­den­ci­ais da Ci apon­ta pa­ra uma ten­dên­cia de va­lo­ri­za­ção no úl­ti­mo ano, em li­nha com o que tem si­do apu­ra­do des­de o 2º tri­mes­tre de 2015. A ta­xa de va­ri­a­ção tri­mes­tral no 3º tri­mes­tre de 2017 foi de 3,7%, sen­do in­fe­ri­or à re­gis­ta­da no tri­mes­tre an­te­ri­or. A ta­xa de va­ri­a­ção ho­mó­lo­ga foi de 11,7%, sen­do os 2 tri­mes­tres mais re­cen­tes res­pon­sá­veis por cer­ca de 80% des­ta va­ri­a­ção. No en­tan­to, ape­sar do acu­mu­lar de re­sul­ta­dos po­si­ti­vos o ín­di­ce nes­te con­ce­lho ain­da não re­cu­pe­rou os va­lo­res pra­ti­ca­dos em 2011. De acor­do com o SIR, na ga­ma al­ta o pre­ço mé­dio por m2 nes­te con­ce­lho al­can­çou os 1.236 eu­ros no 3º tri­mes­tre de 2017. Já na ge­ne­ra­li­da­de das tran­sa­ções a mé­dia de pre­ços de ven­da pra­ti­ca­dos foi de 767 eu­ros. Em re­la­ção ao tem­po mé­dio de ab­sor­ção es­te si­tu­a­va-se nos 9 me­ses e meio no 3º tri­mes­tre de 2017. Já a ta­xa de des­con­to en­con­tra-se nos 7% sen­do ne­ces­sá­rio re­cu­ar até ao úl­ti­mo tri­mes­tre de 2011 pa­ra en­con­trar uma ta­xa in­fe­ri­or.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.