Imo­bi­liá­rio in­dus­tri­al

Publico - Imobiliario - - Oportunidades -

Di­fe­ren­ça de €1,7/m2 en­tre Por­to e Lisboa No 3º tri­mes­tre de 2017, as ren­das co­mer­ci­ais pa­ra a in­dús­tria (ar­ma­zéns) de­mons­tra­ram uma ten­dên­cia de cres­ci­men­to em Por­tu­gal Con­ti­nen­tal. Na re­a­li­da­de, o Ín­di­ce de Ren­das Cor­po­ra­te da Ci apon­ta no sen­ti­do de uma va­ri­a­ção tri­mes­tral a ron­dar os 0,6%, vol­tan­do aos re­sul­ta­dos po­si­ti­vos após uma va­ri­a­ção no tri­mes­tre an­te­ri­or de -0,3%. A ní­vel ho­mó­lo­go, a va­ri­a­ção foi de 1,1%, sen­do que em 2017 to­das as va­ri­a­ções ho­mó­lo­gas re­gis­ta­das fo­ram po­si­ti­vas. Ape­sar des­tas va­ri­a­ções po­si­ti­vas, o Ín­di­ce de Ren­das Cor­po­ra­te da Ci, pa­ra o seg­men­to in­dus­tri­al, en­con­tra-se ain­da sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te abai­xo dos va­lo­res pra­ti­ca­dos em 2011. De fac­to, em 2017 as ren­das pe­di­das es­ta­vam 8,9% abai­xo das re­gis­ta­das em 2011. No con­ce­lho do Por­to o va­lor mé­dio das ren­das pe­di­das ron­da os €3,9/ m2, sen­do es­te va­lor in­fe­ri­or ao ob­ser­va­do quer no tri­mes­tre an­te­ri­or, quer no mes­mo pe­río­do do ano pas­sa­do (eram de €4/m2). Pe­lo con­trá­rio, no con­ce­lho de Lisboa os va­lo­res das ren­das têm vin­do a su­bir, sen­do o va­lor mé­dio €5,6/m2, qu­an­do no tri­mes­tre an­te­ri­or era €5,4/m2 e no pe­río­do ho­mó­lo­go €5,2/m2.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.