IFRRU 2020 já con­tra­tu­a­li­zou qua­se 75 mi­lhões de eu­ros de in­ves­ti­men­to

Ain­da an­tes do fe­cho do pri­mei­ro se­mes­tre de ati­vi­da­de, o Ins­tru­men­to Fi­nan­cei­ro pa­ra a Re­a­bi­li­ta­ção e Re­vi­ta­li­za­ção Ur­ba­nas - IFRRU 2020 já tem con­tra­tu­a­li­za­das 13 ope­ra­ções, que to­ta­li­zam um vo­lu­me de in­ves­ti­men­to de 72,4 mi­lhões de eu­ros

Publico - Imobiliario - - Atualidade -

Qua­se uma cen­te­na de pro­fis­si­o­nais do se­tor imo­bi­liá­rio mar­ca­ram pre­sen­ça, no au­di­tó­rio da Vi­ei­ra de Al­mei­da ( VdA), em Lis­boa, pa­ra as­sis­tir ao Se­mi­ná­rio ‘Opor­tu­ni­da­des de in­ves­ti­men­to imo­bi­liá­rio em Por­tu­gal atra­vés do IFRRU 2020’, uma ses­são pro­mo­vi­da pe­lo IMO­ju­ris em par­ce­ria com a VdA.

“A ope­ra­ci­o­na­li­za­ção des­te pro­gra­ma foi de uma enor­me com­ple­xi­da­de ju­rí­di­ca e fi­nan­cei­ra”, su­bli­nhou Abel Mas­ca­re­nhas, Pre­si­den­te da Co­mis­são Di­re­ti­va da Es­tru­tu­ra de Ges­tão do IFRRU 2020, que se mos­trou sa­tis­fei­to com os re­sul­ta­dos dos pri­mei­ros me­ses de ati­vi­da­de do pro­gra­ma. “Es­ta­mos a su­pe­rar as nos­sas me­lho­res ex­pe­ta­ti­vas. Te­mos já, em cin­co me­ses de ati­vi­da­de, 13 con­tra­tos de fi­nan­ci­a­men­to as­si­na­dos”, re­ve­lou, acres­cen­tan­do que es­tão ain­da “74 pe­di­dos de fi­nan­cia- men­to em apre­ci­a­ção, que cor­res­pon­dem a um to­tal de 231 mi­lhões de eu­ros de vo­lu­me de in­ves­ti­men­to”. Além dis­so, adi­an­tou o mes­mo res­pon­sá­vel, “há qua­se 500 pro­je­tos em pi­pe­li­ne, re­pre­sen­tan­do cer­ca de 1,5 mil mi­lhões de eu­ros em in­ten­ções de in­ves­ti­men­to”.

Com uma ver­ba ini­ci­al de 1,4 mil mi­lhões de eu­ros, a mai­or do­ta­ção or­ça­men­tal al­gu­ma vez pre­vis­ta pa­ra pro­gra­mas nes­te do­mí­nio, os apoi­os do IFRRU 2020 po­dem as­su­mir a for­ma de em­prés­ti­mos, a con­ce­der pe­los ban­cos par­cei­ros se­le­ci­o­na­dos, e de ga­ran­ti­as a es­ses em­prés­ti­mos, atra­vés da So­ci­e­da­de Por­tu­gue­sa de Ga­ran­tia Mú­tua (SPGM). “Os em­prés­ti­mos são com­pos­tos por um má­xi­mo de 50% de fun­dos pú­bli­cos e um mí­ni­mo de 50% de fun­dos do ban­co par­cei­ro”, sen­do que “o va­lor dos em­prés­ti­mos não po­de ul­tra­pas­sar os 20 mi­lhões de eu­ros, com IVA”, ex­pli­cou Abel Mas­ca­re­nhas. Com­ple­men­tar­men­te, as ga­ran­ti­as “vi­sam cor­ri­gir uma fa­lha de mer­ca­do, apoi­ar o pro­mo­tor que não ofe­re­ce ga­ran­ti­as su­fi­ci­en­tes, vi­a­bi­li­zan­do a con­ces­são dos em­prés­ti­mos pe­los ban­cos se­le­ci­o­na­dos”. Abel Mas­ca­re­nhas su­bli­nhou, ain­da, que “os edi­fí­ci­os re­a­bi­li­ta­dos po­dem des­ti­nar­se a qual­quer uso, no­me­a­da­men­te ha­bi­ta­ção, ati­vi­da­des eco­nó­mi­cas e equi­pa­men­tos de uti­li­za­ção co­le­ti­va”.

A ex­pli­ca­ção do pro­ces­so de can­di­da­tu­ra ao IFRRU 2020 foi fei­ta pe­la ad­vo­ga­da Ana Marta Cas­tro, as­so­ci­a­da co­or­de­na­do­ra da VdA, um pro­ces­so que con­si­de­rou ser “sim­ples e ao al­can­ce de to­dos”.

To­das as ope­ra­ções can­di­da­tas a fi­nan­ci­a­men­to têm de ser apre­ci­a­das pe­la Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal da lo­ca­li­za- ção do imó­vel, que emi­te o ‘pa­re­cer pré­vio vin­cu­la­ti­vo es­pe­cí­fi­co pa­ra o IFRRU 2020’. De­pois, é ne­ces­sá­rio ob­ter o cer­ti­fi­ca­do ener­gé­ti­co do imó­vel a re­a­bi­li­tar e, por fim, efe­tu­ar o pe­di­do de fi­nan­ci­a­men­to jun­to de um dos ban­cos se­le­ci­o­na­dos (BPI, Mil­len­nium BCP ou San­tan­der). Es­tes três pas­sos do pro­ces­so de can­di­da­tu­ra não têm ne­ces­sa­ri­a­men­te de obe­de­cer a es­ta or­dem. “Na­da im­pe­de que o be­ne­fi­ciá­rio co­me­ce por sub­me­ter a can­di­da­tu­ra jun­to de uma das en­ti­da­des fi­nan­ci­a­do­ras”, es­cla­re­ceu Ana Marta Cas­tro.

O pe­río­do de tem­po en­tre a apre­sen­ta­ção do pe­di­do e a ce­le­bra­ção do con­tra­to de fi­nan­ci­a­men­to é, em mé­dia, de 3 me­ses. Ana Marta Cas­tro con­si­de­ra que es­ta “ce­le­ri­da­de do pro­ces­so é uma ca­ra­te­rís­ti­ca que im­por­ta man­ter”, vis­to que é de­ci­si­va pa­ra o êxi­to do pro­gra­ma.

O IFRRU 2020 já tem con­tra­tu­a­li­za­das 13 ope­ra­ções, que to­ta­li­zam um vo­lu­me de in­ves­ti­men­to de 72,4 mi­lhões de eu­ros

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.