Lis­boa apro­va al­te­ra­ções do es­ta­tu­to da SRU

Publico - Imobiliario - - Atualidade -

A SRU vai pas­sar a ser res­pon­sá­vel por al­gu­mas das em­prei­ta­das pre­vis­tas na ci­da­de que “in­te­gram as Gran­des Op­ções do Pla­no 2018-2021”, se­gun­do o do­cu­men­to apro­va­do, que re­fe­re que a em­pre­sa ”es­tá em con­di­ções pri­vi­le­gi­a­das pa­ra exe­cu­tar” pro­gra­mas co­mo ”habitação a ren­das aces­sí­veis de ini­ci­a­ti­va pú­bli­ca, Es­co­la No­va e cre­ches B.a.B.á, Lis­boa, SNS Mais Pró­xi­mo e ou­tros equi­pa­men­tos so­ci­ais”, além do pro­gra­ma “Uma Pra­ça em Ca­da Bair­ro”.

A Di­re­ção Mu­ni­ci­pal de Pro­je­tos e Obras vai man­ter as su­as atu­ais atri­bui­ções no que se re­fe­re às obras que não in­te­grem os re­fe­ri­dos pro­gra­mas. O tex­to pre­vê ain­da que a al­te­ra­ção de es­ta­tu­tos con­tem­ple que “se­jam re­vo­ga­das as com­pe­tên­ci­as de­le­ga­das na área de con­tro­lo ur­ba­nís­ti­co e se­ja ado­ta­da uma de­no­mi­na­ção so­ci­al con­sen­tâ­nea com a re­de­fi­ni­ção de ob­je­ti­vos – Lis­boa, SRU”.

Con­for­me avan­çou fon­te mu­ni­ci­pal à Lu­sa, o PS vo­tou a fa­vor, o ve­re­a­dor do PSD João Pe­dro Cos­ta vo­tou con­tra, bem co­mo o CDS-PP, PCP e BE. Te­re­sa Le­al Co­e­lho abs­te­ve-se e As­sun­ção Cris­tas não vo­tou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.