CHO­QUE NA FENPROF: er­ro in­for­má­ti­co co­lo­ca Má­rio Nogueira co­mo pro­fes­sor em Vi­nhais

Publico - Inimigo - - PRIMEIRA PÀGINA -

Má­rio Nogueira es­tá apo­pléc­ti­co des­de quar­ta­fei­ra. O di­ri­gen­te sin­di­cal dos professores, sem que na­da zes­se adi­vi­nhar tal de­sen­la­ce ao nal de 20 anos sem dar au­las, foi co­lo­ca­do no Agru­pa­men­to de Es­co­las D. Afon­so III, em Vi­nhais, e te­ve de se apre­sen­tar ao ser­vi­ço e de­co­rar os no­mes das ma­ri­sas e dos bru­nos to­dos. A cons­ter­na­ção na Fenprof é ge­ral e há quem quei­ra con­vo­car uma ma­nif de 500 mil pes­so­as pa­ra pro­tes­tar con­tra es­ta ideia inau­di­ta de o secretário-ge­ral de uma fe­de­ra­ção sin­di­cal de professores ter de ir dar au­las e per­ce­ber o que é uma es­co­la pú­bli­ca portuguesa de 2018. “Foi um er­ro do sis­te­ma, co­mo se diz na bo­la quan­do o ví­deo-ár­bi­tro fa­lha du­ran­te uma jo­ga­da du­vi­do­sa que de­ci­de o re­sul­ta­do de um jo­go. Aza­re­co. Es­tou de mãos ata­das”, ex­pli­cou o mi­nis­tro da Edu­ca­ção com um sor­ri­so es­can­ca­ra­do de ore­lha a ore­lha. MB

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.