An­go­la tinha 15 mil mi­lhões de re­ser­vas quan­do João Lou­ren­ço che­gou mas es­ta­vam to­das na ma­la de Isa­bel dos Santos

Publico - Inimigo - - O INIMIGO PÚBLICO -

An­go­la tinha mes­mo 15 mil mi­lhões de dó­la­res de re­ser­vas cam­bi­ais, co­mo ga­ran­tiu Jo­sé Edu­ar­do dos Santos, só que es­ta­vam to­dos guar­da­dos nu­ma das ma­las de Isa­bel dos Santos. “Ou­ça, is­to é mais um exem­plo de co­mo a ges­tão po­lí­ti­ca do no­vo pre­si­den­te es­tá to­da er­ra­da por­que não dis­tin­gue uma Louis Vuit­ton de uma Hermès”, cri­ti­cou Isa­bel dos Santos. A em­pre­sá­ria ga­ran­te que a sua ma­la é mais se­gu­ra do que os co­fres do Ban­co Na­ci­o­nal de An­go­la e que só trou­xe o di­nhei­ro por­que pre­ci­sa­va de fa­zer umas com­pri­nhas. Ao que o INI­MI­GO apu­rou, Isa­bel dos Santos tem tam­bém con­si­go em ca­sa dois po­ços de pe­tró­leo pré-sal, uma pro­du­ção de ba­ta­ta com 1000 hec­ta­res e uma mi­na de di­a­man­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.