Duarte Li­ma con­vi­da­do pa­ra dar a ca­ra por no­vo mo­de­lo de ma­ta-ve­lhos eléc­tri­co

Publico - Inimigo - - ENERGIAS ALTERNATIVAS - JH

Ab­sol­vi­do pe­lo cri­me de abu­so de con­fi­an­ça de que era acu­sa­do no pro­ces­so Ro­sa­li­na Ri­bei­ro, Duarte Li­ma es­tá pron­to pa­ra ren­ta­bi­li­zar a sua ima­gem no mercado pu­bli­ci­tá­rio. A mar­ca que ao lon­go de dé­ca­das ven­deu em Por­tu­gal qua­dri­ci­clos a ido­sos que não po­di­am ti­rar car­ta de con­du­ção pa­ra au­to­mó­veis li­gei­ros por não sa­be­rem ler vai lan­çar uma ver­são mo­der­na e con­vi­dou Duarte Li­ma pa­ra dar a ca­ra em no­va cam­pa­nha. “Fiz Sa­qua­re­ma-Ma­ri­cá-Ni­te­rói-Rio de Ja­nei­ro, deixei a ve­lha num des­cam­pa­do e vol­tei de no­vo até Sa­qua­re­ma sem pre­ci­sar de car­re­gar a ba­te­ria. Es­te ma­ta-ve­lhos eléc­tri­co tem a me­lhor au­to­no­mia do mercado”, apre­sen­ta­va Duarte Li­ma no ví­deo pu­bli­ci­tá­rio.

A tra­di­ção de ofe­re­cer ci­gar­ros às cri­an­ças de Va­le Sal­guei­ro, em Mirandela, no Dia dos Reis le­van­tou polémica es­te ano, ten­do o BE de­ci­di­do avan­çar com um pro­jec­to-lei que im­pe­ça os pe­ti­zes de fu­mar ta­ba­co, subs­ti­tuin­do a tra­di­ção pe­lo mo­der­no uso re­cre­a­ti­vo de ma­ri­ju­a­na, de pre­fe­rên­cia em efemérides me­nos católicas, co­mo o 5 de Ou­tu­bro, o 25 de Abril e o 7 de Ja­nei­ro que pas­sa­rá a se fe­ri­a­do na­ci­o­nal em hon­ra da es­treia do “Pro­gra­ma da Cristina”. As cri­an­ças de Va­le Sal­guei­ro con­cor­dam com a pro­pos­ta do BE, mas de­se­jam man­ter vi­vas ou­tras tra­di­ções na­ta­lí­ci­as, co­mo em­bri­a­ga­rem-se quan­do o Ben ca per­de o úl­ti­mo en­con­tro do ano e de­fen­de­rem em pro­gra­mas do Ma­nu­el Luís Gou­cha que faz fal­ta a Por­tu­gal um no­vo cardeal Ce­re­jei­ra e dois ou três Ro­lões Pre­tos.

Vou-me sa­far, vou-me sa­far

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.