“Es­pe­ro que se fa­ça jus­ti­ça com Ro­nal­do”

Record (Portugal) - - SPORTING -

É ca­sa­do com uma nor­te-ame­ri­ca­na [Ale­xis Montero] e jo­gou mui­tos anos nos Es­ta­dos Uni­dos, nos Se­at­tle Soun­ders. Co­mo vê o mo­vi­men­to ‘Me Too’, con­tra o assédio e abusos se­xu­ais, e as re­cen­tes acu­sa­ções a Cris­ti­a­no Ro­nal­do? M – Pen­so que é al­go nor­mal nos Es­ta­dos Uni­dos, sa­em mui­to es­se ti­po de no­tí­ci­as, que de­pois se es­pa­lham ao ní­vel in­ter­na­ci­o­nal. Não te­mos na­da que di­zer. Sim­ples­men­te, es­pe­ro que se fa­ça jus­ti­ça. Ob­vi­a­men­te, ne­nhum de nós fi­ca in­di­fe­ren­te. O tem­po tra­ta­rá de cu­rar es­ta fe­ri­da, por­que os da­nos à ima­gem já fo­ram fei­tos. Es­pe­ro que a sen­ten­ça se­ja pe­lo me­lhor.

Do que co­nhe­ce do sis­te­ma ju­di­ci­al nor­te-ame­ri­ca­no, qu­em é o ‘elo mais fra­co’? As po­ten­ci­ais ví­ti­mas ou os atle­tas fa­mo­sos?

M - Não sei qual se­rá o elo mais fra­co e o que po­de afe­tar as de­ci­sões que são fei­tas, mas acre­di­to na jus­ti­ça. Po­de tar­dar, mas ela che­ga, mais ce­do do que tar­de.

Ain­da no que diz res­pei­to a Ro­nal­do, Mo­dric ven­ceu o ‘The Best’ e

“PRÉ­MIO ‘THE BEST’? TE­RIA PRE­FE­RI­DO O CRIS­TI­A­NO. PE­LO QUE ELE FEZ NA LI­GA DOS CAM­PEÕES E NO MUN­DI­AL, MERECIA”

que­brou a he­ge­mo­nia do por­tu­guês e de Li­o­nel Messi. Con­si­de­ra que foi um pré­mio jus­to?

M - Pes­so­al­men­te, te­ria pre­fe­ri­do o Cris­ti­a­no Ro­nal­do. E não o di­go por es­tar a vi­ver e a jo­gar em Por­tu­gal ou por re­pre­sen­tar o clu­be que o for­mou. Pe­lo que ele fez na Li­ga dos Cam­peões, pe­lo Re­al Ma­drid, e de­pois no Mun­di­al, por Por­tu­gal, merecia. Mas a FIFA tem a sua for­ma de es­co­lher os me­lho­res… Dou os pa­ra­béns ao Mo­dric e a to­das as pes­so­as que fi­ze­ram pos­sí­vel que ele ven­ces­se o ‘The Best’. Mas pa­ra mim, re­pi­to, o es­co­lhi­do te­ria si­do o Cris­ti­a­no, sem dú­vi­da!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.