Po­lé­mi­ca en­tra por um ou­vi­do... e sai por ou­tro

Record (Portugal) - - SPORTING -

A po­lé­mi­ca no fu­te­bol por­tu­guês, no­me­a­da­men­te as no­tí­ci­as de ale­ga­da cor­rup­ção dos clu­bes, afe­ta-vos? Ou fi­cam à por­ta do bal­neá­rio? M – Não. Ou­ço-as, mas pe­lo me­nos eu não dei­xo que me pos­sam afe­tar.

Mas um jo­ga­dor não po­de­rá sen­tir-se in­jus­ti­ça­do se sou­ber que há ou­tro clu­be que es­ta­rá a ser be­ne­fi­ci­a­do? M – A Jus­ti­ça de­ve atu­ar. Qu­an­do as coi­sas forem pro­va­das, aí sim, há o di­rei­to a que ca­da um pos­sa di­zer al­go. Ago­ra, nes­te ca­so, nós não te­mos na­da que fa­lar so­bre is­so.

Já dis­pu­tou jo­gos à por­ta fe­cha­da? É uma boa me­di­da pa­ra dis­ci­pli­nar os adep­tos? M - Sim, pe­lo Mil­li­o­na­ri­os, num jo­go no Bra­sil, con­tra o Co­rinthi­ans, na Ta­ça Li­ber­ta­do­res. As sen­sa­ções são to­tal­men­te di­fe­ren­tes. Pa­re­ce um treino, só que um com ár­bi­tros e câ­ma­ras. Es­pe­ro que aqui não se che­gue a es­se pon­to, ape­sar de con­cor­dar que se têm de to­mar me­di­das pa­ra que os jo­ga­do­res e as fa­mí­li­as se sin­tam se­gu­ros nos es­tá­di­os. *

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.