Trio do mi­o­lo me­re­ce no­ta 10

Record (Portugal) - - JOGO PARTICULAR -

DA­NI­LO, WIL­LI­AM E RÚ­BEN NE­VES

Fa­lou- se mui­to do mei­o­cam­po da Se­le­ção Na­ci­o­nal na conferência de im­pren­sa de an­te­vi­são do jo­go com a Es­có­cia, aci­ma de tu­do por­que ao la­do de Fer­nan­do San­tos es­te­ve Da­ni­lo Pe­rei­ra. Foi pe­di­do ao jo­ga­dor do FC Por­to que ex­pli­cas­se o que o di­fe­ren­cia de Rú­ben Ne­ves e Wil­li­am Car­va­lho. A ques­tão é que o in­ter­na­ci­o­nal chu­tou pa­ra can­to. “É uma ques­tão que de­ve co­lo­car ao selecionador, ele de­ve­rá sa­ber es­sa res­pos­ta me­lhor do que eu”, ati­rou Da­ni­lo Pe­rei­ra, bem-dis­pos­to.

Pois bem, o en­ge­nhei­ro até res­pon­deu, mas pa­ra ga­ran­tir que to­dos são de al­tís­si­mo ní­vel. “O que os di­fe­ren­cia? Não há clo­nes, há jo­ga­do­res com ca­rac­te­rís­ti­cas di­fe­ren­tes e o que in­te­res­sa é a qua­li­da­de. As ca­rac­te­rís­ti­cas são im­por­tan­tes em de­ter­mi­na­dos mo­men­tos do jo­go, mas pa­ra mim são os três no­ta dez”, re­su­miu o selecionador na­ci­o­nal. *

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.