Mo­ta vê leão em “se­gun­da lua-de-mel”

Record (Portugal) - - SPORTING - J.S.

A es­treia de Mar­cel Kei­zer em Al­va­la­de foi des­ta­ca­da por Jo­sé Mo­ta. O téc­ni­co do Aves re­co­nhe­ceu que o ad­ver­sá­rio atra­ves­sa um mo­men­to po­si­ti­vo e que o fa­tor ca­sa po­de­rá au­men­tar ain­da mais as di­fi­cul­da­des da sua equi­pa. “Es­te Spor­ting es­tá com uma boa di­men­são, com re­sul­ta­dos po­si­ti­vos e num mo­men­to de tran­qui­li­da­de. Acal­mou do pe­río­do con­tur­ba­do com os re­sul­ta­dos e elei­ções in­ter­nas e is­so faz com que o clu­be es­te­ja a vi­ver uma se­gun­da lua-de-mel. Es­sa es­ta­bi­li­da­de é mui­to im­por­tan­te pa­ra o Spor­ting”, re­fe­riu Jo­sé Mo­ta, su­bli­nhan­do que o pri­mei- ro jo­go do no­vo téc­ni­co em Al­va­la­de se­rá “um si­nal de emo­ção pa­ra os adep­tos e com ca­sa cheia”, acres­cen­tou.

O trei­na­dor do Aves abor­dou ain­da o no­vo es­ti­lo de jo­go do Spor­ting: “Vem de três bo­as vi­tó­ri­as, com mui­tos golos e um fu­te­bol atra­ti­vo. É mui­to im­por­tan­te que o trei­na­dor te­nha as su­as idei­as, mas mais im­por­tan­te é que os jo­ga­do­res as con­si­gam as­si­mi­lar, e eles es­tão a de­mons­trar is­so mes­mo. Por is­so, an­te­ve­jo um jo­go ex­tre­ma­men­te di­fí­cil pa­ra nós, uma vez que o Spor- ting atra­ves­sa um bom mo­men­to.”

Tem­po de jo­go

Jo­sé Mo­ta co­men­tou o es­tu­do que con­cluiu que o cam­pe­o­na­to por­tu­guês é o que me­nor tem­po útil de jo­go tem en­tre as li­gas eu­ro­pei­as: “Os da­dos pre­o­cu­pam. Não é bom es­tar­mos nes­sa po­si­ção e te­mos de fa­zer al­gu­ma coi­sa pa­ra a in­ver­ter. Co­mo? Não sei bem, mas, por exem­plo, em re­la­ção ao VAR, per­de­mos por ve­zes 3, 4, 5 mi­nu­tos pa­ra ve­rem os ví­de­os e is­so faz com que se per­ca mui­to tem­po.” *

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.