Record (Portugal)

RUI CORDEIRO NEGA DESVIOS NA SAD

Presidente dos açorianos refutou as acusações de Glen Lau, principal acionista da SAD

- LUÍS PEDRO SILVA

O presidente do Conselho de Administra­ção da SAD do Santa Clara, Rui Cordeiro, refutou as acusações de desvios de dinheiro apresentad­as pelo principal acionista, Glen Lau. “Em sete anos, nunca utilizei um único cêntimo para proveito pessoal. Bem pelo contrário, já tirei das minhas poupanças para, por várias vezes, ajudar o clube e a SAD. Desde pagar viagens da equipa a... aliás, recordo-me quando o Rafael Batatinha veio para os Açores, na 2ª Liga, fui à agência de viagens Francisco Martins fazer

“EM SETE ANOS, NUNCA UTILIZEI UM ÚNICO CÊNTIMO PARA MEU PROVEITO PESSOAL. BEM PELO CONTRÁRIO”, FRISA O DIRIGENTE

o pagamento, senão o jogador já não viajava”, conta o dirigente a Record. Relativame­nte à acusação de não serem mostradas as contas aos acionistas, Rui Cordeiro também negou essa informação e garante praticar uma administra­ção leal e transparen­te. “Todas as informaçõe­s relacionad­as com a Santa Clara SAD foram e são prestadas a todos os acionistas que assim o solicitem. Aliás, todos os aspetos societário­s relevantes da vida da SAD foram prestados na Assembleia Geral anual da SAD, em março de 2021, cujo último Relatório e Contas foi aprovado também pela Azul Internacio­nal, referente à época desportiva 2019/2020. Sempre pautámos a nossa atuação pela transparên­cia e cooperação com todos os acionistas”, indica de forma taxativa.

Rui Cordeiro revelou ainda que conseguiu baixar o passivo bancário de 5,5 milhões de euros para 1,9 milhões, garantindo que vai deixar o clube e a SAD sem dívidas dentro de dois anos.

*

 ??  ?? LEAL. Dirigente garante uma administra­ção transparen­te
LEAL. Dirigente garante uma administra­ção transparen­te

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal