Record (Portugal)

Classe de Di María faz a diferença

- F.B.

Pela primeira vez desde 1991, a Argentina venceu o Brasil num duelo da Copa América. A proeza permitiu-lhe erguer o troféu! Para tal, fez a diferença o golo apontado por Di María ainda na 1.ª parte. Num duelo jogado mais com o coração, ou não fosse o grande clássico da América do Sul, a Argentina entrou melhor e conseguiu chegar à vantagem. Aos 22’, De Paul serviu com um passe longo Di María que, benefician­do da má abordagem de Renan Lodi, ficou isolado perante Ederson e faturou com um belo chapéu. “Tinham-me dito que o lateral dormia um pouco na marcação. Aproveitei o passe, controlei e avancei”, explicou Di María. O Brasil, que teve o benfiquist­a Everton no onze, tentou reagir mas esbarrou na muralha liderada por outro elementos das águias, Otamendi. A defesa argentina esteve eficaz e anulou Neymar. O astro brasileiro bem tentou, mas sofreu uma marcação implacável e viu o guardião Martínez fechar a baliza na reta final.

*

 ??  ?? LETAL. Di María aproveita erro de Lodi para faturar
LETAL. Di María aproveita erro de Lodi para faturar

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal