Record (Portugal)

SALVAR A ÉPOCA

João Sousa e Pedro Sousa têm estado discretos em 2021 mas acreditam no sucesso em Tóquio

- JOSÉ MORGADO

O ténis português volta a estar representa­do nos Jogos Olímpicos com dois tenistas, tal como aconteceu no Rio’2016, e tanto João como Pedro Sousa querem dar a volta a uma temporada de 2021 que tem sido muito complicada para ambos. João, ex-top 30 e melhor tenista português da história, soma apenas uma vitória em quadros principais ATP, mas espera (pelo menos) repetir o resultado de há cinco anos (2ª ronda em singulares e pares), ao passo que Pedro Sousa cumpre um sonho de criança ao estrear-se nos Jogos. “Para mim, sempre foi um objetivo chegar aos Jogos. Desde há

JOÃO E PEDRO SOUSA VÃO COMPETIR EM SINGULARES E PARES E ACREDITAM NUM BOM RESULTADO NO JAPÃO

dois anos que passou a fazer parte do meu dia a dia e nunca escondi que foi um objetivo, e felizmente consegui”, reforçou, assumindo que o processo foi “um bocado estranho”.

O atual número um português não esconde que os Jogos sempre foram um objetivo. “Se calhar [os Olímpicos], não têm a importânci­a que têm noutros desportos, mas ainda assim é um dos eventos mais prestigiad­os que há, e é ver pelos jogadores que vão disputar este ano, por exemplo, e que têm vencido as últimas edições - foram todos números um do mundo. Vai ser um torneio bastante forte”, perspetivo­u, salientand­o ainda que entrou no quadro olímpico, porque “há jogadores que dão prioridade aos pontos e ao dinheiro que nessa semana não há”. Estreante em Jogos Olímpicos, Pedro Sousa, que também vai disputar o quadro de pares ao lado de João Sousa, lamenta não poder assistir a outras competiçõe­s, de outras modalidade­s, uma proibição decretada pelas estritas regras sanitárias impostas pela organizaçã­o.

*

 ??  ?? COMITIVA. João Sousa, selecionad­or Rui Machado e Pedro Sousa
COMITIVA. João Sousa, selecionad­or Rui Machado e Pedro Sousa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal