IN­TEL VAI EN­TRAR NO MER­CA­DO DAS PLACAS GRÁ­FI­CAS

Revista PCGuia Play - - NOTÍCIAS -

No iní­cio des­te ano, a In­tel apre­sen­tou uma ga­ma de chips ba­se­a­da na ar­qui­tec­tu­ra Kaby La­ke, que com­bi­na uma CPU da em­pre­sa e um pro­ces­sa­dor grá­fi­co da AMD, li­ga­dos atra­vés de uma tec­no­lo­gia pro­pri­e­tá­ria. Em­bo­ra se­jam com­po­nen­tes de­se­nha­dos pa­ra mi­ni PC ou dis­po­si­ti­vos 2-em-1, fo­ram con­si­de­ra­dos o pri­mei­ro pas­so pa­ra a In­tel co­me­çar a com­ba­ter a do­mi­nân­cia da Nvi­dia no mer­ca­do dos pro­ces­sa­do­res grá­fi­cos.A con­tra­ta­ção pe­la In­tel de Ra­ja Ko­du­ri, o an­ti­go che­fe de de­sen­vol­vi­men­to da di­vi­são Ra­de­on da AMD, é pro­va que a In­tel es­tá mes­mo in­te­res­sa­da em in­ves­tir no de­sen­vol­vi­men­to de pro­du­tos de­di­ca­dos pa­ra grá­fi­cos. Ago­ra che­gou a pú­bli­co a in­for­ma­ção de que a In­tel es­tá a de­sen­vol­ver mes­mo dois GPU com os no­mes de código Arc­tic Sound e Ju­pi­ter Sound, que es­tão pro­gra­ma­dos pa­ra se­rem lan­ça­dos em 2020. Am­bos se­rão uni­da­des in­te­gra­das com o pro­ces­sa­dor, tal co­mo o que foi anunciado na CES 2018, mas o Ar­tic Sound te­rá tam­bém uma ver­são em pla­ca grá­fi­ca se­pa­ra­da. O pri­mei­ro a che­gar ao mer­ca­do se­rá o Arc­tic Sound. O GPU Ju­pi­ter Sound vi­rá mais tar­de ape­nas sob a for­ma de uma com­bi­na­ção de CPU com GPU. Além dis­to não há quais­quer de­ta­lhes téc­ni­cos so­bre os no­vos GPU da In­tel. Ao lon­go do tem­po a In­tel ten­tou en­trar no mer­ca­do das placas grá­fi­cas, mas sem o sucesso das ri­vais. A pri­mei­ra grá­fi­ca In­tel a che­gar ao mer­ca­do foi a i740 em 1998 e a mais re­cen­te foi a Xe­on Phi em 2012, que uti­li­za­va ses­sen­ta pro­ces­sa­do­res x86 pa­ra ta­re­fas de pro­ces­sa­men­to grá­fi­co. Em 2017, o mer­ca­do das placas grá­fi­cas esteve (mais uma vez) di­vi­di­do en­tre a Nvi­dia com 70% e a AMD com 29,8% de quo­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.