Maria é acu­sa­da de dis­pa­rar con­tra Ál­va­ro

Correio da Manha - Sexta - - Novelas -

MENTIRA Ape­sar de de­bi­li­ta­do, Ál­va­ro res­pon­de a Fi­li­pe, que o in­ter­ro­ga no hos­pi­tal so­bre o tiro. En­tre­tan­to, Fi­li­pe ti­ra da pas­ta uma fo­to de Maria e Ál­va­ro ener­va- se. O po­lí­cia per­gun­ta- lhe se a re­co­nhe­ce e se foi Maria a al­ve­já- lo. Ál­va­ro men­te e pes­ta­ne­ja, acu­san­do in­de­vi­da­men­te a ra­pa­ri­ga. Ao sa­ber dis­so, Eva fi­ca fe­liz por es­tar li­vre des­ta acu­sa­ção e por Maria ser a pre­ju­di­ca­da.

DESILUSÃO Ri­car­do não acre­di­ta em Maria. A ra­pa­ri­ga ga­ran­te que não foi ela a al­ve­jar Ál­va­ro e que ar­ran­ja­ram fal­sas pro­vas con­tra ela. Ain­da as­sim, agra­de­ce ao na­mo­ra­do por ele ter ido a Pa­ris de­fen­dê- la no caso de trá­fi­co. Eva co­me­mo­ra a gran­de mentira de Ál­va­ro, que a fa­vo­re­ce.

NO HOS­PI­TAL, ÁL­VA­RO ACUSA MARIA

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.