PRO­DU­TOS RE­GI­O­NAIS SÃO APOS­TA EM SE­TÚ­BAL

Correio da Manha - Sexta - - Comer Mafaria -

SI­TU­A­DA NO AN­TI­GO LAR­GO DA FON­TE NO­VA, a Ma­fa­ria ao Lar­go ‘ be­be’ da sim­pli­ci­da­de dos cos­tu­mes da­que­le bair­ro tí­pi­co de gen­te da ter­ra, e à ter­ra vai bus­car os pro­du­tos que le­va à me­sa. Es­ta mer­ce­a­ria, que ser­ve re­fei­ções em am­bi­en­te fa­mi­li­ar, tem pre­di­le­ção por pro­du­tos re­gi­o­nais. “Re­cor­re­mos aos pe­que­nos pro­du­to­res pa­ra mui­tos dos pro­du­tos de que dis­po­mos”, ex­pli­ca Ma­fal­da Cor­reia, a pro­pri­e­tá­ria.

Os me­nus diá­ri­os pri­mam pe­la sim­pli­ci­da­de e há so­pa ca- sei­ra to­dos os di­as. Er­vi­lhas com ovos es­cal­fa­dos ou fei­jo­a­da de lu­las são pra­tos que po­de en­con­trar di­a­ri­a­men­te. As tá­bu­as de char­cu­ta­ria são tam­bém apre­ci­a­das. No fim po­de provar a Gin­ji­nha de Pió­dão.

Por ou­tro la­do, pa­ra quem não pro­cu­ra uma re­fei­ção ou pre­fe­re con­fe­ci­o­ná - la em ca­sa, a Ma­fa­ria tem res­pos­ta, com ar­ti­gos sau­dá­veis co­mo bo­la­chas de aveia com gen­gi­bre e ca­ne­la ou ce­re­ais bi­o­ló­gi­cos e, ain­da, pro­du­tos tra­di­ci­o­nais, co­mo con­ser­vas e li­co­res ca­sei­ros.

A Ma­fa­ria ao Lar­go fe­cha às 19h00, mas em dia de ini­ci­a­ti­vas po­de apro­vei­tar até mais tar­de. Nes­te pri­mei­ro fim de se­ma­na do mês a ca­sa re­ce­be, ho­je, uma noi­te de de­gus­ta­ção de vi­nho, e, ama­nhã, uma ma­ti­né de fa­dos.

O ES­PA­ÇO HIS­TÓ­RI­CO, COM CONS­TRU­ÇÃO DE 1804, MAN­TE­VE O TRA­ÇA­DO ORI­GI­NAL

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.