VI­VER O CI­NE­MA MOS­TRA AR­RAN­CA NES­TA TER­ÇA- FEI­RA

ver, ou­vir e ler ‘ Vi­va João Cé­sar Mon­tei­ro’ POR­TO, BRA­GA, LIS­BOA, COIM­BRA E SETÚBALSÃO­AS CI­DA­DES POR ON­DE PASSAAHOME­NAGEMAO RE­A­LI­ZA­DOR POLÉMICO, QUE NOS DEI­XOU EM 2003

Correio da Manha - Sexta - - Ver, Ouvir E Ler ‘ - TEX­TO ANA MA­RIA RIBEIRO

NO ANO EM QUE O RE­A­LI­ZA­DOR JOÃO CÉ­SAR MON­TEI­RO com­ple­ta­ria 80 anos, a Me­deia/ Le­o­par­do Fil­mes de­ci­diu or­ga­ni­zar- lhe uma ho­me­na­gem que le­va­rá al­gu­mas das su­as obras mais mar­can­tes a ci­ne­mas do Por­to, Bra­ga, Lis­boa, Coim­bra e Se­tú­bal. Des­de ‘ Re­cor­da­ções da Ca­sa Ama­re­la’ a ‘ Co­mé­dia de Deus’, pas- san­do por al­gu­mas curtas- me­tra­gens que o ci­ne­as­ta as­si­nou ao l on­go da sua car­rei­ra, a mos­tra ar­ran­ca já nes­ta ter­ça- fei­ra, na In­vic­ta, e ter­mi­na no dia 1 de mar­ço, em Se­tú­bal.

Além da exi­bi­ção dos fil­mes pro­pri­a­men­te di­tos, a ho­me­na­gem da­rá ain­da l ugar a um gran­de de­ba­te so­bre o ci­ne­as­ta, coin­ci­din­do com o fim da ex­plo­ra­ção co­mer­ci­al das sa­las do Mo­nu­men­tal por par­te da exi­bi­do­ra Me­deia Fil­mes, de Pau­lo Bran­co. Na ca­pi­tal, o ci­clo de fil­mes acon­te­ce de 17 a 20 des­te mês. João Cé­sar Mon­tei­ro ( 1939- 2003) foi crí­ti­co de ci­ne­ma nos anos 60 e es­tre­ou- se na lon­ga- me­tra­gem ‘ Frag­men­tos de um Fil­me Es­mo­la, A Sa­gra­da Fa­mí­lia’, em 1972, que des­de lo­go o afir­mou co­mo uma voz po­lé­mi­ca.

EM LIS­BOA, O CI­CLO IN­CLUI UM DE­BA­TE SO­BRE A OBRA DO RE­A­LI­ZA­DOR POR­TU­GUÊS

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.