GRE­LHA­DOS NO CAR­VÃO SER­VI­DOS NO POR­TO DE LIS­BOA

Correio da Manha - Sexta - - Comer Último Porto -

PEI­XE GRE­LHA­DO DE QUA­LI­DA­DE e uma vis­ta pa­ra o Te­jo. Dois con­di­men­tos per­fei­tos pa­ra al­mo­ços de tra­ba­lho ou em pe­río­do de la­zer. In­se­ri­do no Por­to de Lis­boa, mais con­cre­ta­men­te na Ro­cha Con­de de Óbi­dos, o res­tau­ran­te Úl­ti­mo Por­to tem uma vas­ta car­ta on­de opei­xeéo rei. Sim­pli­ci­da­de e pro­du­tos de pri­mei­ra qua­li­da­de são fun­da­men­tais pa­ra ca­ti­var os aman­tes da sim­ples mas de­li­ci­o­sa co­mi­da por­tu­gue­sa.

O chef Pe­dro Ba­ra­ta li­de­ra a co­zi­nha há mais de 30 anos, que ano após ano tem vin­do a ga­nhar ca­da vez mais cli­en­tes. O ba­ca­lhau as­sa­do, garoupa, corvina, pampo e as sardinhas são já uma ima­gem de mar­ca des­te es­pa­ço.

O Úl­ti­mo Por­to tem tam­bém di­ver­sos pra­tos de ta­cho, que vão des­de as sa­bo­ro­sas fa­vas à por­tu­gue­sa até à fei­jo­a­da de cho­cos.

Ajun­ta­ra tu­do is­to há uma car­ta de vi­nhos va­ri­a­da, com di­ver­sas pro­pos­tas do Alen­te­jo e do Dou­ro. To­dos os acom­pa­nha­men­tos, bem co­mo as so­bre­me­sas, são fei­tas di­a­ri­a­men­te.

A sua enor­me es­pla­na­da per­mi­te am­bém­re­past os mais de­mo­ra­dos sem­pre com o Te­jo em pa­no de fun­do. É acon­se­lha­do re­ser­var me­sa. Não abre pa­ra jan­ta­res.

CORVINA, PAMPO, GAROUPA E SARDINHAS ASSADAS SÃO ESPECIALID­ADES

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.