Má­gi­cos pre­mei­am au­di­ên­cia com sa­que

GRU­PO DE ILUSIONIST­AS APRE­SEN­TA EM PAL­CO O MAIS MIRABOLANT­E TRUQUE DE QUE HÁ ME­MÓ­RIA: CON­VI­DAM O PÚ­BLI­CO A TESTEMUNHA­R AS­SAL­TOS PA­RA DE­POIS LHES OFERECEREM O DI­NHEI­RO ROUBADO NOS MES­MOS

Correio da Manha - Sexta - - A Semana De... -

QUATROILU SI ON IS TAS, LIDERADOSP­EL OCA RISMÁ TICODANNYA­TL AS ( JESSE EISENBERG) são as estrelas de um iné­di­to es­pe­tá­cu­lo de ma­gia. Pri­mei­ro, sur­pre­en­dem a au­di­ên­cia ao rou­bar, em tem­po re­al, um banco em Fran­ça. Se o ato, só por si, já é sur­pre­en­den­te, o que di­zer quan­do o gru­po de má­gi­cos di­vi­dem o sa­que pe­los es­pec­ta­do­res?

Mer­ritt Mc­Kin­ney ( Wo­ody Har­rel­son), ape­sar de ser o mais ve­lho dos qua­tro, nem por is­so é o mais pon­de­ra­do do ban­do, tam­bém for­ma­do por Hen­ley Re­e­ves ( Is­la Fisher) e Jack Wil- der ( Da­ve Fran­co). E é quan­do pla­nei­am mais um as­sal­to épi­co que se lhes atra­ves­sa à fren­te Dy­lan Rho­des- Sh­ri­ke ( Mark Ruf­fa­lo), um de­te­ti­ve do FBI que guar­da um mis­te­ri­o­so se­gre­do...

‘ Mes­tres da Ilu­são’ afir­ma- se co­mo le­ve e bem di­ver­ti­do, re­che­a­do de ato­res bem co­nhe­ci­dos do pú­bli­co. E Wo­ody Har­rel­son, mais uma vez, dá o tom có­mi­co que se quer num fil­me des­com­pro­me­ti­do e com um elen­co de qua­li­da­de.

Ape­sar de dei­xar al­gu­mas pon­tas sol­tas na his­tó­ria, que fo­ram re­to­ma­das na se­que­la es­tre­a­da em 2016, as­se­gu­ra um bom fi­nal de noi­te pa­ra os te­les­pec­ta­do­res.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.