Pa­re­des de Cou­ra União en­tre sons e na­tu­re­za

SI­TU­A­DO NA PRAIA FLUVIAL DO TABOÃO, O FES­TI­VAL, QUE ES­TE ANO CE­LE­BRA 26 ANOS, REÚ­NE VÁ­RI­AS GE­RA­ÇÕES APAIXONADA­S PE­LO AR PU­RO E MÚ­SI­CA

Correio da Manha - Sexta - - Êxito Música -

Ove­rão é si­nó­ni­mo de fes­ti­vais de mú­si­ca e Por­tu­gal é es­pe­ci­a­lis­ta em cri­ar os ce­ná­ri­os per­fei­tos pa­ra os fes­ti­va­lei­ros que, de nor­te a sul e além fron­tei­ras, pro­cu­ram um bom car­taz e um es­pa­ço des­lum­bran­te. O fes­ti­val Pa­re­des de Cou­ra, co­nhe­ci­do co­mo o ‘ha­bi­tat na­tu­ral da mú­si­ca’, é um des­sas ini­ci­ti­vas que con­ci­lia de for­ma exí­mia o es­pa­ço e a boa mú­si­ca.

To­dos os anos, a praia fluvial do Taboão e o par­que cir­cun­dan­te - uma das

gran­des ima­gens de mar­ca do fes­ti­val en­chem-se de to­do o ti­po de pú­bli­co atraí­do pe­la com­bi­na­ção per­fei­ta en­tre o ver­de e a mú­si­ca.

Es­te ano, o fes­ti­val - um dos mais an­ti­gos do País, com 26 anos - re­a­li­za-se nos pró­xi­mos dias 14 a 17 e pro­me­te mais um car­taz de mú­si­ca de ca­riz es­sen­ci­al­men­te al­ter­na­ti­vo que, aliás, é a es­pi­nha dor­sal do even­to (ver pá­gi­na 24). Es­te ano a pri­mei­ra noi­te vai ter co­mo ca­be­ça de car­taz os nor­te-ame­ri­ca­nos The Na­ti­o­nal, que, após 2005, re­gres­sam a Pa­re­des de Cou­ra pa­ra no­vo con­cer­to.

FES­TI­VAL ACON­TE­CE DE 14 A 17 DES­TE MÊS

Pa­ra além dos The Na­ti­o­nal, na pri­mei­ra noi­te tam­bém os Plas­tic Pe­o­ple, Par­cels e os Bed Legs dão as bo­as-vin­das aos fes­ti­va­lei­ros. No se­gun­do dia, os New Or­der são o des­ta­que de uma tar­de/noi­te em que a atu­a­ção dos por­tu­gue­ses Ca­pi­tão Faus­to vai dei­xar mar­ca. Nes­sa da­ta, a atu­a­ção ‘li­ve’ dos Acid Arab é um dos mo­men­tos de gran­de ex­pec­ta­ti­va.

Os dois úl­ti­mos dias co­me­çam em gran­de com Father John Misty e First Bre­ath Af­ter Co­ma, a bri­lhar na sex­ta-fei­ra. O sá­ba­do, úl­ti­mo dia, vai fi­car a car­go de Pat­ti Smith, nu­ma das mais aguar­da­das atu­a­ções do fes­ti­val. Nes­se dia, des­ta­que tam­bém pa­ra os Su­e­de e os Sen­si­ble Soc­cers.

Co­mo é ha­bi­tu­al nos úl­ti­mos anos, a par­tir de ama­nhã o So­be à Vi­la faz o ‘aque­ci­men­to’ pa­ra aque­les que vi­a­jam mais ce­do até Pa­re­des de Cou­ra, com vá­ri­os con­cer­tos pe­la vi­la. O pas­se geral já es­tá es­go­ta­do, res­tan­do os bi­lhe­tes diá­ri­os a 55 €.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.