Mú­si­ca sem pa­la­vras

COM­PO­SI­TOR FRAN­CÊS MOS­TRA O SEU NO­VO DIS­CO `ALL', DIA 29 NO CAM­PO PE­QUE­NO, EM LIS­BOA, E DIA 30 NO CO­LI­SEU DO POR­TO

Correio da Manha - Sexta - - Êxito Palcos - POR MI­GUEL AZE­VE­DO

Ele tem si­do pre­sen­ça re­gu­lar em Por­tu­gal nos úl­ti­mos vin­te anos e os ad­mi­ra­do­res da mú­si­ca ins­tru­men­tal e am­bi­en­tal têm ne­le uma ve­lha pai­xão. Yann Ti­er­sen pas­sa dia 29 de se­tem­bro pe­lo Cam­po Pe­que­no, em Lis­boa, e no dia se­guin­te pe­lo Co­li­seu do Por­to. As da­tas fa­zem par­te da no­va di­gres­são eu­ro­peia de apre­sen­ta­ção do ál­bum ‘All’, edi­ta­do em fe­ve­rei­ro e gra­va­do na ilha de Ushant, na cos­ta oes­te de Fran­ça, on­de o mú­si­co vi­ve. ‘All’ es­tá mar­ca­do pe­la te­má­ti­ca do am­bi­en­te, já pre­sen­te no ál­bum an­te­ri­or ‘EUSA’, de 2016, e as com­po­si­ções es­tão im­preg­na­das de sons gra­va­dos na na­tu­re­za, na re­gião da Bre­ta­nha e nos Es­ta­dos Uni­dos. ‘All’ é o pri­mei­ro dis­co a ser gra­va­do no no­vo es­tú­dio do mú­si­co – o cen­tro co­mu­ni­tá­rio, The Es­kal, cons­truí­do nu­ma dis­co­te­ca aban­do­na­da em Ushant, uma pe­que­na ilha no Mar Cel­ta en­tre a Bre­ta­nha e a Cor­nu­a­lha, tam­bém ca­sa de Ti­er­sen nos úl­ti­mos 10 anos.

Com for­ma­ção clás­si­ca e ex­pe­ri­ên­cia no rock, Yann Ti­er­sen, 48 anos, tem uma de­ze­na de ál­buns au­to­rais edi­ta­dos des­de 1995, en­tre os quais ‘Le Pha­re’ (1998), ‘L’ab­sen­te’ (2001) e ‘Dust La­ne’ (2010), e seis ál­buns de com­po­si­ções pa­ra ci­ne­ma. É de­le a mú­si­ca ori­gi­nal dos fil­mes ‘O fa­bu­lo­so des­ti­no de Amé­lie Pou­lain’ (2001), de Je­an-Pi­er­re Jeu­net, e ‘Adeus, Le­ni­ne’ (2003), de Wolf­gang Bec­ker.

MÚ­SI­CO É UM VE­LHO CO­NHE­CI­DO DE POR­TU­GAL

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.