VI­TÓ­RIA É SAL­VA DA PRI­SÃO PE­LO MA­RI­DO

Correio da Manha - Sexta - - Não Perca -

Alex acor­da do co­ma e fi­ca a des­co­brir que Vi­tó­ria es­tá presa, acu­sa­da de o ter ten­ta­do ma­tar. Após a re­ve­la­ção, o ator afir­ma que ela é ino­cen­te. De­pois de con­ver­sar com o pa­dre Ân­ge­lo, Cris­ti­na se­gue o con­se­lho do pai, pro­cu­ra a avó e con­ta-lhe que vai per­mi­tir que ela ve­ja a bis­ne­ta. Alex vai até à po­lí­cia de­ci­di­do a ili­bar a mu­lher da pri­são. O ator, du­ran­te o de­poi­men­to, li­vra Vi­tó­ria de qual­quer cul­pa, mas re­cu­sa-se a di­zer qu­em é a mu­lher que ten­tou ma­tá-lo. Ino­cên­cia e Vi­tó­ria en­con­tram-se no hos­pi­tal e o cons­tran­gi­men­to é ine­vi­tá­vel. Vi­tó­ria ga­nha co­ra­gem e con­ta a Cris­ti­na que é sua mãe. A jo­vem fi­ca per­ple­xa pe­ran­te a re­ve­la­ção e mos­tra-se re­vol­ta­da. Cris­ti­na des­pre­za Vi­tó­ria e, re­vol­ta­da, afir­ma que ela não me­re­ce ter o seu per­dão.

Alex es­tá de­ci­di­do a ir sal­var a mu­lher e vai até à es­qua­dra e as­su­me que não foi Vi­tó­ria que o ten­tou ma­tar

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.