A con­sa­gra­ção da Gin­ja de Óbidos com pré­mio-pres­tí­gio

VI­LA DAS RAI­NHAS GA­NHA A EDI­ÇÃO 2020 DO GA­LAR­DÃO `CIN­CO ES­TRE­LAS', QUE AVA­LIA A SA­TIS­FA­ÇÃO COM OS PRO­DU­TOS

Correio da Manha - Sexta - - Primeira Página -

Oli­cor de gin­ja Vi­la das Rai­nhas ven­ceu a edi­ção de 2020 do pré­mio ‘Cin­co Es­tre­las’, um sis­te­ma de ava­li­a­ção que me­de o grau de sa­tis­fa­ção que os pro­du­tos, ser­vi­ços e mar­cas con­fe­rem aos seus uti­li­za­do­res, ten­do co­mo cri­té­ri­os de ava­li­a­ção as va­riá­veis sa­tis­fa­ção, re­la­ção qua­li­da­de/pre­ço, in­ten­ção de re­co­men­da­ção, con­fi­an­ça na mar­ca e ino­va­ção.

As di­fe­ren­tes mar­cas fo­ram ava­li­a­das em pro­va cega por um pai­nel de con­su­mi­do­res de li­cor de gin­ja, des­ta­can­do-se a Vi­la das Rai­nhas nos cri­té­ri­os de sa­tis­fa­ção na ex­pe­ri­ên­cia, re­la­ção qua­li­da­de/pre­ço, in­ten­ção de com­pra e con­fi­an­ça na mar­ca. In­di­ca a em­pre­sa Fru­tó­bi­dos que o se­gre­do da be­bi­da começa no gin­jal on­de é pro­du­zi­do e co­lhi­do o fru­to. A es­sên­cia do fa­bri­co ar­te­sa­nal, sem co­ran­tes nem aro­ma­ti­zan­tes, per­mi­te ob­ter uma be­bi­da de cor ru­bi e sa­bor ave­lu­da­do, com equi­lí­brio en­tre a do­çu­ra e a aci­dez. É acon­se­lhá­vel que se­ja con­su­mi­da a uma tem­pe­ra­tu­ra en­tre 14 e 15º C.

COR RU­BI, EQUI­LÍ­BRIO

E SA­BOR AVE­LU­DA­DO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.