“A Ca­sa per­deu FRES­CU­RA”

A SIC quer in­ves­tir no ho­rá­rio no­bre e vai pôr to­dos os actores ex­clu­si­vos a tra­ba­lhar. E ne­mo“quei­xo­so” Ro­gé­rio Sa­mo­ra se li­vra de ir pa­ra a guer­ra. Sobre o re­a­lity­dos ri­vais, até Te­re­sa Gui­lher­me le­va...

TV Guia - - Actual - TEXTO HUGO ALVES I FOTOS LILIANA PE­REI­RA E MARILINE ALVES

Oe­len­co da nova no­ve­la da SIC – que subs­ti­tui­rá Pai­xão – es­tá qu­a­se fe­cha­do e os pro­ta­go­nis­tas ga­ran­ti­dos. “Va­mos ter os nos­sos pon­tas-de-lan­ça”, pro­me­te à TV Guia Gabriela Sobral, di­rec­to­ra de Pro­gra­mas, ga­ran­tin­do que o in­ves­ti­men­to na fic­ção na­ci­o­nal e no ho­rá­rio no­bre “es­tá em for­ça to­tal”. Não que ha­ja mui­to di­nhei­ro. “Es­se con­ti­nua igual, mas apos­ta-se nou­tro tom pa­ra con­tar his­tó­ri­as, nu­ma so­fis­ti­ca­ção di­fe­ren­te...” Con­fi­an­te na sua es­tra­té­gia, a de pôr a car­ne to­da no as­sa­dor, Gabriela Sobral abre o jo­go, sem me­do da con­cor­rên­cia. “Po­dem con­tar com o Ri­car­do Pe­rei­ra, que en­tra a meio da tra­ma, com o Jo­sé Fi­dal­go e com a So­raia Cha­ves. Se te­nho os ac­ti­vos, fa­ço ques­tão de os usar.”

Mas há mais es­tre­las no elen­co: Ma­nu­e­la Cou­to, um no­me his­tó­ri­co da fic­ção da TVI, e Ro­gé­rio Sa­mo­ra, que as­su­miu re­cen­te­men­te es­tar es­go­ta­do e num fu­tu­ro pró­xi­mo pre­ten­der re­for­mar-se. “Ele é um ac­tor ex­clu­si­vo da SIC e vai con­ti­nu­ar a ser, mes­mo que di­ga que es­tá de saí­da. E de­pois, to­dos co­nhe­cem o Ro­gé­rio, que gos­ta imen­so de ser me­lo­dra­má­ti­co, de vez em quan­do. Con­to com ele, sim!”

“ES­TA­VA UM BO­CA­DI­NHO GAS­TA”

A ou­tra apos­ta for­te da SIC tem si­do nas tar­des, com o pro­gra­ma Dr. Saú­de, ape­sar dos re­sul­ta­dos não se­rem os me­lho­res. “Ten­tá­mos ino­var pa­ra que, quem an­da a pi­car no ca­bo, co­me­ce tam­bém a pi­car a SIC. Es­tou mui­to agra­da­da com o con­teú­do, e as pes­so­as che­ga­rão, com cal­ma”, acre­di­ta a di­rec­to­ra de Pro­gra­mas da es­ta­ção.

À nos­sa re­vis­ta, Gabriela Sobral con­ta que não vai in­ves­tir nos do­min­gos à noi­te. “Co­me­çá­mos bem, mas quan­do a con­cor­rên­cia é for­te, é di­fí­cil ba­ter­mo-nos.” Sobre a Ca­sa dos Se­gre­dos, afir­ma que “a Te­re­sa es­ta­va um bo­ca­di­nho gas­ta”. “O Ma­nu­el [Luís Gou­cha] es­tá mui­to bem no for­ma­to, e dou-lhe os pa­ra­béns. Mas o for­ma­to per­deu fres­cu­ra e eles tam­bém já não têm os nú­me­ros de an­ti­ga­men­te. As pes­so­as es­tão a fu­gir...”

Gabriela Sobral, di­rec­to­ra de Pro­gra­mas da SIC, não de­sis­te de ven­cer a lí­der TVI. Gabriela Sobral fe­liz, ao la­do da mu­lher, Inês He­ré­dia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.