His­tó­ri­as com fi­nal FE­LIZ

É já no sá­ba­do, dia 15, que es­treia uma no­va tem­po­ra­da do pro­gra­ma que pro­mo­ve o re­en­con­tro de fa­mí­li­as se­pa­ra­das pe­lo tem­po. O apre­sen­ta­dor da CMTV re­ve­la as no­vi­da­des dos no­vos epi­só­di­os

TV Guia - - ACTUAL CMTV - TEX­TO CA­RO­LI­NA PIN­TO FER­REI­RA | FOTOS CAR­LOS RA­MOS E COFINA ME­DIA

Se­pa­ra­dos pe­la Vi­da é um ver­da­dei­ro su­ces­so na CMTV. E por is­so, es­tá de vol­ta com no­vas his­tó­ri­as. Os epi­só­di­os es­trei­am já no sá­ba­do, dia 15, às 14:29. Qu­em não con­se­guir as­sis­tir no fim-de-se­ma­na, po­de­rá vol­tar a ver o epi­só­dio des­se se­ma­na à quar­ta­fei­ra, às 13:57. Nes­ta se­gun­da tem­po­ra­da es­pe­ram-se mui­tas sur­pre­sas. Du­ar­te Siopa, o apre­sen­ta­dor do for­ma­to, vai aju­dar a unir mais fa­mí­li­as, se­pa­ra­das por vá­ri­as cir­cuns­tân­ci­as da vi­da. Mas há no­vi­da­des: “Hou­ve mui­tas his­tó­ri­as em que re­sol­ve­mos as si­tu­a­ções mas não na to­ta­li­da­de. Va­mos ter os cha­ma­dos pro­gra­mas re­vi­si­ta­dos. Pro­gra­mas que, de uma cer­ta for­ma, não fo­ram re­sol­vi­dos. Re­ce­bía­mos mui­tos mails e te­le­fo­ne­mas de pes­so­as a per­gun­ta­rem o que é que ti­nha acon­te­ci­do àque­las fa­mí­li­as. E é is­so que va­mos mos­trar!”, ex­pli­ca. O apre­sen­ta­dor afir­ma que “es­ta se­gun­da tem­po­ra­da foi uma exi­gên­cia do pú­bli­co”, e não se po­dia sen­tir mais li­son­je­a­do por ser o ros­to des­te for­ma­to: “É uma ati­tu­de mui­to no­bre da CMTV, nes­te ca­so do nos­so di­rec­tor-ge­ral, Oc­tá­vio Ri­bei­ro, o au­tor da ideia. Foi uma for­ma de me apro­xi­mar do pú­bli­co e de en­trar na ca­sa das pes­so­as. O Se­pa­ra­dos pe­la Vi­da une aqui­lo que a vi­da se­pa­rou.”

Sem po­der des­ven­dar mui­tos por­me­no­res dos epi­só­di­os que aí vêm, Du­ar­te Siopa ga­ran­te ape­nas que “vão ser pro­gra­mas mui­to emo­ci­o­nan­tes”. “Pro­me­to que vão fi­car mui­to sur­pre­en­di­dos por­que há his­tó­ri­as ain­da me­lho­res”, as­se­gu­ra sem po­der des­ven­dar mui­tos por­me­no­res.

MU­DAN­ÇA DE VI­DA

Ter con­tac­to com as his­tó­ri­as de pes­so­as que, du­ran­te anos, pro­cu­ra­ram en­con­trar fa­mi­li­a­res de­sa­pa­re­ci­dos, fez com que Du­ar­te Siopa mu­das­se a for­ma de olhar o mun­do. “O Se­pa­ra­dos pe­la Vi­da mo­di­fi­cou-me, deu-me a co­nhe­cer uma re­a­li­da­de que eu des­co­nhe­cia. Ha­via mui­tas pes­so­as que não com­pre­en­di­am por­que é que ha­via tan­tas fa­mí­li­as que não se con­se­gui­am en­con­trar. Eu pró­prio des­co­nhe­cia que tí­nha­mos tan­tas pes­so­as de­sen­con­tra­das”, con­fes­sa.

“En­tre­go-me às his­tó­ri­as. As­sim que o pro­gra­ma co­me­ça, co­me­ço a vi­ver a vi­da das pes­so­as”

Ho­mem com os sen­ti­men­tos à flor da pe­le, des­ven­da que to­das as his­tó­ri­as lhe to­cam no co­ra­ção: “En­tre­go-me às his­tó­ri­as. As­sim que o pro­gra­ma co­me­ça, co­me­ço a vi­ver a vi­da das pes­so­as. Tu­do is­so me traz emo­ção, ca­pa­ci­da­de de su­pe­rar, mui­tas ve­zes, uma lá­gri­ma que es­ta­va pres­tes a cair.”

EMO­ÇÕES AO RU­BRO

Mui­tas ve­zes, é di­fí­cil pa­ra o apre­sen­ta­dor con­tro­lar as lá­gri­mas e as emo­ções. Mas Du­ar­te Siopa não tem qual­quer pro­ble­ma em ex­por os sen­ti­men­tos: “Sou um dos apre­sen­ta­do­res que mais se emo­ci­o­na no ar, mas tam­bém por­que o pro­gra­ma me le­va a is­so. É evi­den­te que me tor­nei uma pes­soa mais aten­ta, com ca­pa­ci­da­de de ser mais ge­ne­ro­sa com tan­tas fa­mí­li­as que per­de­ram anos e anos de vi­da com os seus en­tes queridos.”

O es­tú­dio, es­se tor­nou-se a sua se­gun­da ca­sa. E é exac­ta­men­te des­sa for­ma que faz ques­tão de re­ce­ber to­dos os seus con­vi­da­dos. “No pa­pel de apre­sen­ta­dor, quan­do re­ce­bo as pes­so­as é co­mo se es­ti­ves­se em mi­nha ca­sa. Tra­to-as com to­da a dig­ni­da­de e é com mui­to or­gu­lho que di­go is­to: fi­quei ami­go de mui­tas pes­so­as que vi­e­ram ao meu es­tú­dio.” ●

“O Se­pa­ra­dos pe­la Vi­da mo­di­fi­cou a mi­nha vi­da. Deu-me a co­nhe­cer uma re­a­li­da­de que des­co­nhe­cia.”

Em es­tú­dio,Du­ar­te Siopa reú­ne fa­mi­li­a­res e en­tes queridos que es­tão se­pa­ra­dos há anos, por di­fe­ren­tes mo­ti­vos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.