CO­MO ES­CO­LHO UMA RO­MÃ MA­DU­RA?

Women's Health (Portugal) - - PERGUNTE NOS -

RES­POS­TA

Se não es­tá su­fi­ci­en­te­men­te ma­du­ra, o mais cer­to é ter um sa­bor amar­go que de­te­ta lo­go à pri­mei­ra den­ta­da. E é por is­so que é tão im­por­tan­te sa­ber es­co­lher bem uma ro­mã. A pri­mei­ra coi­sa que tem de ver é a cor da cas­ca: uma cor ver­me­lha in­ten­sa re­ve­la que es­tá ma­du­ra, ao pas­so que um tom mais es­ver­de­a­do in­di­ca o con­trá­rio. O se­gun­do si­nal: o pe­so. Uma ro­mã pron­ta a ser co­mi­da pe­sa mais do que uma que ain­da não es­te­ja ma­du­ra. Pe­gue a mais ver­me­lha com uma mão e a mais cla­ra com a ou­tra mão. Ain­da as­sim, não tem cer­te­za? Ba­ta ne­la. Quan­do es­tá ma­du­ra faz um som mais “me­tá­li­co” por cau­sa do su­mo no in­te­ri­or. Se não es­ti­ver, vai ou­vir um som mais oco. Bom pro­vei­to! PER­GUN­TA À WH: ANA SIL­VES­TRE

Al­ma­da

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.