DE­SE­NHO CERTEIRO

Por mais na­tu­ral que se­ja o for­ma­to, a mai­o­ria das so­bran­ce­lhas pre­ci­sa de uma de­fi­ni­ção. Co­me­ce­mos pe­la sua mai­or ali­a­da… a pin­ça:

Women's Health (Portugal) - - SOBRANCELHAS BELEZA -

1

Na ho­ra de es­co­lher a pin­ça, op­te por uma que se­ja fei­ta em aço ino­xi­dá­vel com a ca­be­ça in­cli­na­da, sem pon­ta. As pin­ças pon­ti­a­gu­das au­men­tam o ris­co de le­são na pe­le.

2

Quan­do for ar­ran­car os pe­los, fa­ça-o per­to de uma ja­ne­la com boa luz na­tu­ral e pre­fi­ra os es­pe­lhos tra­di­ci­o­nais ao in­vés dos de au­men­to, pois es­tes não per­mi­tem uma vi­são com­ple­ta da so­bran­ce­lha e do ros­to.

3

As so­bran­ce­lhas de­vem es­tar lim­pas e se­cas, sem cre­mes ou ma­qui­lha­gem. Os pe­los de­vem ser pu­xa­dos no sen­ti­do do cres­ci­men­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Portugal

© PressReader. All rights reserved.