"NO CENTRO DA QUESTÃO"

Uma re­vi­si­ta­ção re­fle­xi­va do pas­sa­do é o que pro­põe o ar­tis­ta plás­ti­co Francisco Van-Dú­nem “Van”, co­lo­can­do no centro da questão um con­jun­to de obras que re­ve­lam for­tes raí­zes iden­ti­tá­ri­as.

Jornal Cultura - - Primeira Página - GAS­PAR MICOLO

Um con­jun­to de 26 obras mar­cam a mais re­cen­te ex­po­si­ção in­di­vi­du­al do ar­tis­ta plás­ti­co Francisco Van- Dú­nem “Van”, de­no­mi­na­da “No centro da questão”, no Es­pa­ço Lu­an­da Ar­te ( ELA), que fi­ca pa­ten­te até dia 14 de Mar­ço.

Com mais de uma de­ze­na de ex­po­si­ções in­di­vi­du­ais den­tro e fo­ra de por­tas, Francisco Van-Dú­nem “Van” é um dos mais des­ta­ca­dos ar­tis­tas an­go­la­nos e que, no tra­ba­lho que ago­ra apre­sen­ta, pro­jec­ta na te­la a afri­ca­ni­da­de dos con­tor­nos do seu ima­gi­ná­rio, su­ge­rin­do uma sin­gu­lar es­sên­cia ar­tís­ti­ca e fe­cun­da so­li­dez cri­a­ti­va; e é nes­sa pers­pec­ti­va que, se­gun­do o crí­ti­co Jo­mo For­tu­na­to, Van nos obri­ga a ins­tau­rar uma pro­fun­da re le­xão so­bre o pas­sa­do cul­tu­ral, no de­cor­rer do nos­so sin­ge­lo pro­ces­so de con­tem­pla­ção es­té­ti­ca.

Um dos fun­da­do­res da União Na­ci­o­nal dos Ar­tis­tas Plás­ti­cos, Van ofe­re­ce um con­jun­to de obras que re­ve­lam ain­da for­tes raí­zes iden­ti­tá­ri­as, al­ter­nan­do a op­ção fi­gu­ra­ti­va com o de­va­neio do cro­ma­tis­mo abs­trac­to. Nas su­as obras, o ar­tis­ta va­lo­ri­za as apro­xi­ma­ções com ou­tras ex­pres­sões es­té­ti­cas e cri­a­ti­vas, o que re­sul­ta em te­las pro­fun­da e vi­su­al­men­te co­mu­ni­ca­ti­vas.

O des­ta­ca­do ar­tis­ta plás­ti­co já ho­me­na­ge­ou, em ex­po­si­ções re­cen­tes, e num ges­to de cla­ro agra­de­ci­men­to, o le­ga­do e me­mó­ria dos seus mes­tres, Viteix, Hen­ri­que Abran­ches, Cos­ta An­dra­de, Rui de Ma­tos e Ma­ton­do Afon­so; vin­can­do, con­tu­do, que a so­ci­e­da­de an­go­la­no tem fei­to pou­co ou qua­se na­da, quer do pon­to de vis­ta grá­fi­co, quer es­cri­to e oral so­bre os cri­a­do­res que já par­ti­ram pa­ra a eter­ni­da­de. Aliás, uma la­cu­na que o ar­tis­ta ten­ta pre­en­cher tan­tos em ex­po­si­ções de ho­me­na­gem ou as de sim­ples re­fle­xão so­bre o nos­so pas­sa­do cul­tu­ral, co­mo a mon­tra que ago­ra se en­con­tra aber­ta na ELA.

En­tre­tan­to, a cu­ra­do­ria da ex­po­si­ção de Van es­tá a car­go de Do­mi­nickTan­ner, cu­ra­dor-pro­du­tor bri­tâ­ni­co e di­rec­tor-ge­ral da ELA, Es­pa­ço Lu­an­da Ar­te, que vi­ve e tra­ba­lha em An­go­la há mais de oi­to anos e du­ran­te es­se tem­po, pro­du­ziu e de­sen­vol­veu um con­jun­to de pro­jec­tos que vi­sam enal­te­cer os ar­tis­tas, fo­men­tar a ar­te an­go­la­na, bem co­mo va­lo­ri­zar as ins­ti­tui­ções que têm apoi­a­do a cri­a­ção ar­tís­ti­ca. A ga­le­ria “ELA” exis­te há pou­co mais de um ano e si­tua-se no quar­to an­dar do edi ício da “De Be­ers”.

Pro­mo­tor cul­tu­ral, pro­fes­sor uni­ver­si­tá­rio, in­ves­ti­ga­dor e Mes­tre em edu­ca­ção ar­tís­ti­ca, Van vê a ne­ces­si­da­de de se im­pul­si­o­nar, ca­da vez mais, as ar­tes plás­ti­cas, so­bre­tu­do no âm­bi­to da cir­cu­la­ção e co­mer­ci­a­li­za­ção des­te pro­du­to cul­tu­ral, la­men­tan­do a fal­ta de co­lec­ci­o­na­do­res de ar­te, des­ta­can­do-se o fac­to de a mai­or par­te das ins­ti­tui­ções pú­bli­cas e pri­va­das te­rem as su­as pa­re­des ca­ren­tes de pe­ças de ar­te.

Nas­ci­do em 1959, na pro­vín­cia do Ben­go, Francisco Van-Dú­nem “Van” é ain­da co-fun­da­dor e pro­fes­sor da Es­co­la Mé­dia de Ar­tes Plás­ti­cas em Lu­an­da. Foi di­rec­tor da Di­rec­ção Na­ci­o­nal de For­ma­ção Ar­tís­ti­ca (DINFA).

Van é de­ten­tor dos pré­mi­os "Mu­ral Ci­da­de de Lu­an­da", 1984; de pin­tu­ra, do Ban­co de Fo­men­to e Ex­te­ri­or de Por­tu­gal, 1990; e ENSA Ar­te, na ca­te­go­ria de pin­tu­ra, nas edições de 1996 e 2004. Em 2008 foi dis­tin­gui­do com o Pré­mio Na­ci­o­nal de Cul­tu­ra e Ar­tes, na ca­te­go­ria de Ar­tes Plás­ti­cas, nu­ma pro­mo­ção do Go­ver­no an­go­la­no atra­vés do Mi­nis­té­rio da Cul­tu­ra. Par­ti­ci­pou em ex­po­si­ções co­lec­ti­vas de ar­tis­tas con­cei­tu­a­dos em vá­ri­os paí­ses, en­tre os quais Ar­gé­lia, Ca­bo Ver­de, Zâm­bia, Ga­bão, Cu­ba, Bra­sil, Es­pa­nha, Por­tu­gal, Sué­cia, Ale­ma­nha e EUA.

PAU­LO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO

Ex­po­si­ção de Van PAU­LO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO MULAZA

PAU­LO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO MULAZA

PAU­LO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO

PAU­LO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.