Ju­ven­tu­de mo­bi­li­za­da pa­ra o pro­ces­so

Pro­ces­so ar­ran­cou quin­ta-fei­ra e de­cor­re sob o le­ma “An­go­la Pre­sen­te”

Jornal de Angola - - PARTADA - BERNARDINO MANJE |

O Con­se­lho Na­ci­o­nal da Ju­ven­tu­de (CNJ) ape­la a todos os jo­vens no sen­ti­do de se­rem os ver­da­dei­ros ar­tí­fi­ces da de­mo­cra­ti­za­ção do país, par­ti­ci­pan­do mas­si­va­men­te no pro­ces­so de actualização do registo elei­to­ral.

Num co­mu­ni­ca­do dis­tri­buí­do por oca­sião do iní­cio, quin­ta-fei­ra, da actualização do registo elei­to­ral, a co­mis­são di­rec­ti­va do CNJ rei­te­ra que vai fa­zer com que os jo­vens e ado­les­cen­tes co­nhe­çam os me­ca­nis­mos en­vol­ven­tes des­te pro­ces­so e das pró­pri­as eleições ge­rais e que par­ti­ci­pem nos mes­mos ac­ti­va­men­te.

“Con­si­de­ran­do que a ju­ven­tu­de re­pre­sen­ta mais de 60 por cen­to da po­pu­la­ção an­go­la­na, é im­pres­cin­dí­vel que as­su­ma­mos, en­quan­to jo­vens, a res­pon­sa­bi­li­da­de de pro­mo­ver­mos ac­ções de ca­rác­ter cí­vi­co que con­tri­bu­am pa­ra o des­per­tar da cons­ci­ên­cia po­lí­ti­ca em prol da paz e da ci­da­da­nia, vi­san­do a re­a­li­za­ção exi­to­sa de to­do o pro­ces­so elei­to­ral”, de­fen­de.

O CNJ in­for­ma que as as­so­ci­a­ções ju­ve­nis a si fi­li­a­das ga­ran­tem mo­bi­li­zar, sen­si­bi­li­zar, in­for­mar e for­mar os seus jo­vens em agen­tes de edu­ca­ção cí­vi­ca pa­ra a ci­da­da­nia, com par­ti­cu­lar des­ta­que pa­ra as ques­tões so­bre as eleições ge­rais do pró­xi­mo ano, à luz dos di­rei­tos e de­ve­res cí­vi­cos, bem co­mo os pro­ce­di­men­tos a ter em con­ta du­ran­te os vá­ri­os pro­ces­sos elei­to­rais.

“In­cen­ti­va­re­mos a par­ti­ci­pa­ção da ju­ven­tu­de no pro­ces­so elei­to­ral, atra­vés do vo­to vo­lun­tá­rio, li­vre e cons­ci­en­te, e a res­pei­tar a con­vi­vên­cia na di­fe­ren­ça, cul­ti­van­do o es­pí­ri­to pa­trió­ti­co e de ci­da­da­nia”, as­se­gu­ra o CNJ.

O CNJ con­si­de­ra que as eleições re­pre­sen­tam um mar­co im­por­tan­te pa­ra a vi­da do po­vo an­go­la­no. “Pa­ra além de con­tri­buir na nor­ma­li­za­ção dos sis­te­ma po­lí­ti­co e na con­so­li­da­ção da jo­vem de­mo­cra­cia, as eleições re­pre­sen­tam um gran­de de­sa­fio, so­bre­tu­do na pro­mo­ção dos di­rei­tos e de­ve­res cí­vi­os em prol da paz e do de­sen­vol­vi­men­to.

O Con­se­lho Na­ci­o­nal da Ju­ven­tu­de é uma pla­ta­for­ma apar­ti­dá­ria com per­so­na­li­da­de ju­rí­di­ca pró­pria, que con­gre­ga 18 con­se­lhos pro­vin­ci­ais e 164 mu­ni­ci­pais da ju­ven­tu­de, bem co­mo 34 or­ga­ni­za­ções ou as­so­ci­a­ções ju­ve­nis na­ci­o­nais, en­tre as quais fi­lan­tró­pi­cas e po­lí­ti­cas. É uma ins­ti­tui­ção de uti­li­da­de pú­bli­ca, que tem co­mo ob­jec­ti­vo fun­da­men­tal a pro­mo­ção da qua­li­da­de de vi­da dos ado­les­cen­tes e jo­vens e tor­ná-los ci­da­dãos res­pon­sá­veis e ac­ti­vos, com vis­ta ao de­sen­vol­vi­men­to do país.

O pro­ces­so de actualização do registo elei­to­ral ar­ran­cou em to­do o país na úl­ti­ma quin­ta-fei­ra.

Ape­lo do Pre­si­den­te

O Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos, foi o pri­mei­ro ci­da­dão a ac­tu­a­li­zar os seus da­dos elei­to­rais. Na oca­sião, o Che­fe de Es­ta­do ape­lou a todos os ci­da­dãos a ade­ri­rem ao pro­ces­so.

Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos con­si­de­rou a actualização um mar­co pa­ra o país que es­tá a ca­mi­nhar pa­ra a re­a­li­za­ção das pró­xi­mas eleições. Re­co­nhe­ceu que o registo elei­to­ral é um pas­so fun­da­men­tal pa­ra a re­a­li­za­ção das eleições. “Des­de há al­guns di­as, a te­le­vi­são, rá­dio e os par­ti­dos po­lí­ti­cos têm es­ta­do a fa­zer a cam­pa­nha pa­ra que nin­guém fal­te na actualização do registo elei­to­ral e na pro­va de vi­da, so­bre­tu­do aque­les que pe­la pri­mei­ra vez fa­zem o seu registo elei­to­ral pre­sen­ci­al”, dis­se.

O ape­lo do Che­fe de Es­ta­do foi re­for­ça­do um dia de­pois pe­lo pre­si­den­te da Co­mis­são Na­ci­o­nal Elei­to­ral. Sil­va Ne­to, que aca­ba­va de ac­tu­a­li­zar os seus da­dos, lem­brou que o ac­to é de ex­tre­ma im­por­tân­cia pa­ra as eleições ge­rais pre­vis­tas pa­ra o pró­xi­mo ano, já que qu­em não ac­tu­a­li­zar o seu registo vai fi­car sem vo­tar.

JO­SÉ SO­A­RES

Con­se­lho Na­ci­o­nal da Ju­ve­tun­de pro­me­te for­mar os jo­vens em agen­tes de edu­ca­ção cí­vi­ca pa­ra a re­a­li­za­ção exi­to­sa das eleições

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.