Am­nis­tia be­ne­fi­cia re­clu­sos mi­li­ta­res

Jornal de Angola - - POLÍTICA - WEZA PASCOAL

O Tri­bu­nal Mi­li­tar da 5ª Di­vi­são de In­fan­ta­ria da Re­gião Sul no Cu­an­do Cu­ban­go con­ce­deu sá­ba­do, na co­mu­na do Mis­som­bo, a 15 qui­ló­me­tros da ci­da­de de Me­non­gue, liberdade a 47 re­clu­sos das For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas e da Po­lí­cia Na­ci­o­nal abran­gi­dos pe­la Lei da Am­nis­tia.

O juiz do Tri­bu­nal Mi­li­tar da 5ª Di­vi­são Gar­cia An­tó­nio in­for­mou que dos 47 re­clu­sos am­nis­ti­a­dos cons­tam 37 das For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas e 12 agen­tes da Po­lí­cia Na­ci­o­nal. No âm­bi­to do pro­ces­so, fri­sou, dois re­clu­sos vi­ram re­du­zi­das as su­as pe­nas em um quar­to. Gar­cia An­tó­nio ex­pli­cou que fo­ram am­nis­ti­a­dos todos os cri­mes mi­li­ta­res co­me­ti­dos até ao dia 11 de No­vem­bro de 2015 e res­ti­tuí­dos à liberdade todos os réus dos pro­ces­sos cu­jos cri­mes se en­qua­dram no âm­bi­to da lei.

O ma­gis­tra­do ex­pli­cou que não são abran­gi­dos na lei da am­nis­tia os cri­mes do­lo­sos co­me­ti­dos com vi­o­lên­cia con­tra pes­soa e que re­sul­tou em mor­te, trá­fi­co de es­tu­pe­fa­ci­en­tes e subs­tân­ci­as psi­co­tró­pi­cas, trá­fi­co de se­res hu­ma­nos, vi­o­la­ção se­xu­al, pro­mo­ção e au­xí­lio à imi­gra­ção ile­gal, en­tre ou­tros pre­vis­to no nº 3 do ar­ti­go 18º e 19º da lei 4/94 de 28 de Ja­nei­ro, lei dos cri­mes mi­li­ta­res. A 11 de No­vem­bro de 2015, o Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos, por oca­sião da ce­le­bra­ção do dia da In­de­pen­dên­cia de An­go­la, per­do­ou atra­vés do in­dul­to es­cri­to no de­cre­to pre­si­den­ci­al nº 173, de 15 de Se­tem­bro de 2015, os ci­da­dãos con­de­na­dos a pe­nas não su­pe­ri­o­res a 12 anos de pri­são mai­or que já te­nham cum­pri­do me­ta­de da pe­na e não só, de mo­do a con­ce­der a liberdade a es­tes ci­da­dãos e dar-lhes no­vas opor­tu­ni­da­des po­lí­ti­cas, so­ci­ais e de rein­te­gra­ção pes­so­al e fa­mi­li­ar.

O juiz Gar­cia An­tó­nio lem­brou aos be­ne­fi­ciá­ri­os que a lei da am­nis­tia ex­tin­guiu ape­nas as pe­nas de pri­são, fi­can­do obri­ga­dos a pa­gar vo­lun­ta­ri­a­men­te, no pra­zo de um ano, even­tu­ais in­dem­ni­za­ções pre­vis­tas nas res­pec­ti­vas pe­nas.

O co­man­dan­te ad­jun­to pa­ra a Edu­ca­ção Pa­trió­ti­ca da 5ª di­vi­são de In­fan­ta­ria da Re­gião Mi­li­tar Sul, Jor­ge Fir­mi­no, dis­se aos re­clu­sos am­nis­ti­a­dos que o tem­po em que fi­ca­ram de­ti­dos foi de re­fle­xão so­bre os com­por­ta­men­tos an­te­ri­o­res, vi­san­do a in­te­gra­ção con­dig­na na so­ci­e­da­de.

Aos re­clu­sos não abran­gi­dos, de­se­jou co­ra­gem, dis­ci­pli­na e es­pí­ri­to de en­tre­ga nos tra­ba­lhos, na cer­te­za de que bre­ve­men­te te­rão a opor­tu­ni­da­de de vol­tar ao con­ví­vio fa­mi­li­ar.

NICOLAU VASCO | ME­NON­GUE

Re­clu­sos das For­ças Ar­ma­das e da Po­lí­cia Na­ci­o­nal abran­gi­dos pe­lo In­dul­to Pre­si­den­ci­al

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.