OMS di­vul­ga no­vo guia

Jornal de Angola - - SOCIEDADE -

A Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al da Saú­de (OMS) lan­çou, ter­ça-fei­ra, em Ge­ne­bra, um no­vo guia pa­ra o tra­ta­men­to da sí­fi­lis, da go­nor­reia e da cla­mí­dia, do­en­ças de trans­mis­são se­xu­al, de­vi­do à sua pre­o­cu­pa­ção em re­la­ção ao au­men­to da re­sis­tên­cia des­sas en­fer­mi­da­des aos an­ti­bió­ti­cos.

A OMS cal­cu­la que mais de 214 mi­lhões pes­so­as no mun­do con­tra­em es­sas in­fec­ções anu­al­men­te, sen­do que a cla­mí­dia e a go­nor­reia são as mais co­muns.

O au­men­to de ca­sos de­ve-se ao fac­to de es­sas do­en­ças se­xu­al­men­te trans­mis­sí­veis não se­rem di­ag­nos­ti­ca­das e fi­ca mais di­fí­cil se­rem tra­ta­das. Ago­ra, al­guns an­ti­bió­ti­cos es­tão a fra­cas­sar na cu­ra de­vi­do ao seu uso in­de­vi­do ou ex­ces­si­vo. Os es­pe­ci­a­lis­tas dis­se­ram que to­dos es­ses pro­ble­mas são cau­sa­dos por bac­té­ri­as e, ge­ral­men­te, são cu­ra­dos com o uso de re­mé­di­os.

A pró-rei­to­ra de ex­ten­são da Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral do Es­pí­ri­to San­to, no Bra­sil, An­gé­li­ca Mi­ran­da, que in­te­grou o gru­po de de­sen­vol­vi­men­to das di­rec­tri­zes pa­ra in­fec­ções se­xu­al­men­te trans­mis­sí­veis da OMS, dis­se à Rá­dio ONU que es­sas do­en­ças ti­ve­ram um au­men­to ex­pres­si­vo nas úl­ti­mas dé­ca­das.

En­tre as re­co­men­da­ções, o guia da OMS re­for­ça a ne­ces­si­da­de de tra­tar-se es­sas do­en­ças com o an­ti­bió­ti­co e na do­sa­gem cor­rec­tos e no ho­rá­rio de­ter­mi­na­do pa­ra im­pe­dir a sua pro­pa­ga­ção.

O re­la­tó­rio ex­pli­ca que a re­sis­tên­cia des­sas do­en­ças aos an­ti­bió­ti­cos au­men­tou ra­pi­da­men­te nos úl­ti­mos anos e aca­bou por re­du­zir as op­ções de tra­ta­men­to.

Mai­or re­sis­tên­cia

Das três do­en­ças se­xu­al­men­te trans­mis­sí­veis men­ci­o­na­das no do­cu­men­to, a go­nor­reia é a que apre­sen­ta mai­or pre­o­cu­pa­ção por de­sen­vol­ver a mais for­te re­sis­tên­cia aos re­mé­di­os. Quan­do não tra­ta­das, es­sas do­en­ças po­dem re­sul­tar em sé­ri­as com­pli­ca­ções de saú­de pa­ra mulheres e ho­mens. A OMS clas­si­fi­ca a sí­fi­lis, a go­nor­reia e a cla­mí­dia co­mo gran­des pro­ble­mas de saú­de pú­bli­ca em to­do o mun­do.

Es­sas do­en­ças afec­tam a qua­li­da­de de vi­da de mi­lhões de pes­so­as, cau­san­do pro­ble­mas gra­ves e até mes­mo a mor­te. No ca­so da go­nor­reia, a OMS afir­ma que os an­ti­bió­ti­cos mais an­ti­gos e ba­ra­tos, co­mum­men­te uti­li­za­dos pa­ra com­ba­ter a do­en­ça, já não fa­zem mais efei­to e não de­vem mais ser usa­dos. Co­mo exem­plo, os es­pe­ci­a­lis­tas de­sa­con­se­lha­ram o uso do an­ti­bió­ti­co qui­no­lo­nes.

A cla­mí­dia é a do­en­ça se­xu­al­men­te trans­mis­sí­vel mais co­mum e ge­ral­men­te es­tá as­so­ci­a­da à go­nor­reia. Em re­la­ção à sí­fi­lis, o re­la­tó­rio re­co­men­da o uso de pe­ni­ci­li­na ben­za­ti­na, an­ti­bió­ti­co in­jec­tá­vel, con­si­de­ra­do o mais efi­caz nes­te mo­men­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.