Equi­pa da Áfri­ca do Sul re­ce­be ho­je a Mau­ri­tâ­nia

Jornal de Angola - - DESPORTO - AN­TÓ­NIO DE BRI­TO |

A Áfri­ca do Sul re­ce­be a Mau­ri­tâ­nia ho­je às 18h00 no Es­tá­dio Mbom­be­la, na ci­da­de de Nels­pruit, em jo­go re­fe­ren­te à sex­ta e úl­ti­ma jor­na­da do Gru­po M de Apu­ra­men­to pa­ra a Ta­ça de Áfri­ca das Na­ções (CAN), a ter lu­gar no pró­xi­mo ano, no Ga­bão.

Com seis pon­tos, os Ba­fa­na Ba­fa­na mes­mo que ven­çam não têm hi­pó­te­ses de se­rem um dos dois me­lho­res se­gun­dos clas­si­fi­ca­dos, por­que vão che­gar ape­nas aos no­ve pon­tos.

Os sul-afri­ca­nos às or­dens de Sha­kes Masha­ba fa­lham a quin­ta pre­sen­ça na com­pe­ti­ção, de­pois da con­quis­ta do tí­tu­lo iné­di­to em 1996 em ca­sa, e a dis­pu­ta das edi­ções de 1998 (Bur­ki­na Fa­so), 2000 (Ni­gé­ria/Ga­na) e 2013 (Áfri­ca do Sul). Ape­sar das di­fi­cul­da­des a en­con­trar no re­du­to do ad­ver­sá­rio, os mau­ri­ta­ni­a­nos pre­ten­dem con­tra­ri­ar ao má­xi­mo o fa­vo­ri­tis­mo dos sul-afri­ca­nos, vis­to que a vi­tó­ria os co­lo­ca com dez pon­tos na clas­si­fi­ca­ção e ex­pec­tan­tes no apu­ra­men­to. Es­pe­ra-se um jo­go in­ten­so e de re­sul­ta­do im­pre­vi­sí­vel.

No ou­tro jo­go da sé­rie, Ca­ma­rões e Gâm­bia de­fron­tam-se ama­nhã às 15h30, no Es­tá­dio Bir­ka­ma. Os Leões In­do­má­veis, já qua­li­fi­ca­dos, cum­prem ape­nas ca­len­dá­rio, mas que­rem fe­char a cam­pa­nha com um triun­fo so­bre os gam­bi­a­nos e to­ta­li­zar 14 pon­tos na li­de­ran­ça do gru­po. Os vi­si­tan­tes são os úl­ti­mos, com dois pon­tos.

Com o Egip­to já apu­ra­do, Ni­gé­ria e Tan­zâ­nia dis­pu­tam ama­nhã, a se­gun­da po­si­ção do Gru­po G, às 17h00 em Abu­ja. Ni­ge­ri­a­nos e tan­za­ni­a­nos des­per­di­ça­ram du­ran­te o tor­neio a pos­si­bi­li­da­de de fi­gu­rar en­tre as 16 me­lho­res se­lec­ções afri­ca­nas na pro­va, por is­so o jo­go pro­me­te ser re­nhi­do e de des­fe­cho im­pre­vi­sí­vel. O Egip­to, lí­der da sé­rie com dez pon­tos, fol­ga por for­ça de ca­len­dá­rio, se­gui­do da Ni­gé­ria, com dois, e Tan­zâ­nia, um.

Tu­ní­sia e Li­bé­ria ca­pi­ta­li­zam no do­min­go as aten­ções do Gru­po A, já que am­bas as se­lec­ções par­ti­lham a li­de­ran­ça, com dez pon­tos. Com oi­to pon­tos, o To­go tem um jo­go apa­ren­te­men­te fá­cil em ca­sa, fren­te ao Dji­bu­ti, úl­ti­mo clas­si­fi­ca­do, sem pon­tu­ar. Os to­go­le­ses aguar­dam por um des­li­ze dos lí­de­res pa­ra ga­ran­ti­rem a pas­sa­gem.

En­tre os paí­ses de ex­pres­são por­tu­gue­sa, a Gui­né Bis­sau é o úni­co con­cor­ren­te que ga­ran­tiu o apu­ra­men­to di­rec­to pa­ra a com­pe­ti­ção, de­pois da eli­mi­na­ção de An­go­la, Mo­çam­bi­que e São To­mé e Prín­ci­pe.

No Gru­po E, os gui­ne­en­ses so­mam dez e po­dem che­gar aos 13 pon­tos, nú­me­ros que con­fir­mam o seu bom de­sem­pe­nho.

No Do­min­go, a Gui­né Bis­sau jo­ga di­an­te do Con­go Braz­za­vil­le, ao pas­so que a Zâm­bia re­ce­be o Qué­nia. O Con­go Braz­za­vil­le e a Zâm­bia, sem quais­quer hi­pó­te­ses de qu­a­li­fi­ca­ção, es­tão com seis pon­tos ca­da. O Qué­nia é úl­ti­mo, qua­tro.

A se­lec­ção de Ca­bo Ver­de so­nha ain­da com a pre­sen­ça no CAN do Ga­bão. Os Tu­ba­rões Azuis são obri­ga­dos a ven­cer ama­nhã di­an­te Lí­bia, na Ci­da­de da Praia, pa­ra o fe­cho do Gru­po F.

Pa­ra a mes­ma sé­rie, Mar­ro­cos de­fron­ta São To­mé e Prín­ci­pe. Os mar­ro­qui­nos co­man­dam com 15 pon­tos, se­gui­dos dos ca­bo-ver­di­a­nos (no­ve), Lí­bia (qua­tro) e São To­mé e Prín­ci­pe (três).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.