Cur­sos aber­tos no CINFOTEC atra­em ca­da vez mais jo­vens

Jornal de Angola - - PARTADA - ALEXA SONHI |

O Cen­tro In­te­gra­do de For­ma­ção Tec­no­ló­gi­ca (CINFOTEC) já for­mou, des­de a sua inau­gu­ra­ção, em Se­tem­bro de 2008, 9.604 pes­so­as, dis­tri­buí­dos pe­los cur­sos pro­fis­si­o­nais de elec­tri­ci­da­de me­ca­tró­ni­ca, mecânica e pro­du­ção, tec­no­lo­gia de in­for­ma­ção e co­mu­ni­ca­ção e me­tro­lo­gia.

A in­for­ma­ção foi avan­ça­da na sex­ta-fei­ra pe­lo di­rec­tor-ge­ral, Gil­ber­to Fi­guei­ra, que fa­zia o ba­lan­ço das ac­ti­vi­da­des de­sen­vol­vi­das nos oi­to anos de exis­tên­cia da ins­ti­tui­ção. Ele acres­cen­tou que a ade­são de can­di­da­tos aos cur­sos dis­po­ní­veis tem es­ta­do a cres­cer sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te.

A tí­tu­lo de exem­plo, o CINFOTEC já for­mou, de Ja­nei­ro até Agos­to, 1.502 pes­so­as nas di­fe­ren­tes áre­as, um re­sul­ta­do que faz com que 2016 se­ja o ano em que a ins­ti­tui­ção co­lo­cou mais téc­ni­cos no mer­ca­do de tra­ba­lho.

A pers­pec­ti­va do CINFOTEC pa­ra es­te ano é a for­ma­ção de 2.400 pes­so­as, um nú­me­ro que es­tá pró­xi­mo de ser al­can­ça­do, disse o di­rec­tor-ge­ral Gil­ber­to Fi­guei­ra, pa­ra quem o nú­me­ro de téc­ni­cos já for­ma­dos es­te ano só foi pos­sí­vel gra­ças à de­di­ca­ção dos tra­ba­lha­do­res em ge­ral e, em par­ti­cu­lar, dos 34 for­ma­do­res in­ter­nos, to­dos de na­ci­o­na­li­da­de an­go­la­na, que têm es­ta­do a sa­tis­fa­zer as ne­ces­si­da­des de for­ma­ção so­li­ci­ta­da tan­to pe­la co­mu­ni­da­de co­mo por em­pre­sas, pú­bli­cas e pri­va­das. “Os nos­sos for­man­dos não têm gran­des pro­ble­mas em en­con­trar em­pre­go, pro­va dis­so é que, do to­tal de for­ma­dos nos oi­tos anos de exis­tên­cia do cen­tro, cer­ca de 90 por cen­to es­tão in­se­ri­dos no mer­ca­do de tra­ba­lho”, as­se­gu­rou o ges­tor do CINFOTEC.

Além da com­po­nen­te for­ma­ti­va, lem­brou Gil­ber­to Fi­guei­ra, o CINFOTEC pres­ta tam­bém ser­vi­ços na área de con­sul­to­ria téc­ni­ca so­li­ci­ta­dos por em­pre­sas na­ci­o­nais e es­tran­gei­ras. No seu cor­po do­cen­te, além dos 34 for­ma­do­res in­ter­nos, es­tão, ac­tu­al­men­te, 60 for­ma­do­res ex­ter­nos, en­tre na­ci­o­nais e es­tran­gei­ros.

A ex­pan­são dos ser­vi­ços do CINFOTEC es­tá nos pla­nos do Mi­nis­té­rio do Tra­ba­lho, Em­pre­go e Se­gu­ran­ça So­ci­al, que já iden­ti­fi­cou as pro­vín­ci­as com po­ten­ci­al cres­ci­men­to eco­nó­mi­co e in­dus­tri­al pa­ra te­rem, em ca­da uma de­las, um cen­tro in­te­gra­do de for­ma­ção tec­no­ló­gi­ca.

Tra­ta-se das pro­vín­ci­as do Hu­am­bo, Ca­bin­da e Huí­la, disse o di­rec­tor-ge­ral do CINFOTEC, uma es­tru­tu­ra sob de­pen­dên­cia do Mi­nis­té­rio do Tra­ba­lho, Em­pre­go e Se­gu­ran­ça So­ci­al.

“Tu­do es­tá a ser feito pa­ra que, den­tro em bre­ve, es­sas pro­vín­ci­as pos­sam ter ca­da uma um cen­tro des­te ní­vel”, acen­tu­ou o di­rec­tor­ge­ral, Gil­ber­to Fi­guei­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.