Co­mu­ni­da­de in­ter­na­ci­o­nal ten­ta me­di­ar cri­se

De­pu­ta­dos que apoi­am Go­ver­no de Ba­ci­ro Djá ame­a­çam des­ti­tuir o pre­si­den­te do Par­la­men­to

Jornal de Angola - - MUNDO -

Uma mis­são de al­to ní­vel da Co­mu­ni­da­de Eco­nó­mi­ca dos Es­ta­dos da Áfri­ca Oci­den­tal (CEDEAO) reú­ne ho­je em se­pa­ra­do com o Che­fe de Es­ta­do e o lí­der do Par­la­men­to gui­ne­en­se, nos es­cri­tó­ri­os do ga­bi­ne­te in­te­gra­do da ONU pa­ra a con­so­li­da­ção da paz na Gui­né-Bis­sau (Uni­og­bis), pa­ra aju­da­rem na me­di­a­ção da cri­se po­lí­ti­ca que há mais de um ano as­so­la o país.

Es­tes en­con­tros acon­te­cem de­pois de a de­le­ga­ção de al­to ní­vel, que in­te­gra os mi­nis­tros dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros da Li­bé­ria, To­go e Gui­né-Co­na­cri, e o no­vo pre­si­den­te da Co­mu­ni­da­de Eco­nó­mi­ca de Es­ta­dos da Áfri­ca Oci­den­tal (CEDEAO), reu­nir on­tem em se­pa­ra­do com o pri­mei­ro-mi­nis­tro, o che­fe da di­plo­ma­cia gui­ne­en­se, com as di­rec­ções do PAIGC e do PRS e com os 15 dis­si­den­tes do pri­mei­ro des­tes par­ti­dos.

A mis­são da CEDEAO, que ter­mi­na ama­nha a sua vi­si­ta de tra­ba­lho na ca­pi­tal gui­ne­en­se, es­tá des­de se­gun­da-fei­ra em Bis­sau pa­ra cum­prir as re­co­men­da­ções da 49.ª con­fe­rên­cia dos che­fes de Es­ta­do e de Go­ver­no da or­ga­ni­za­ção, re­a­li­za­da em Ju­nho, em Da­kar, que ins­tou as par­tes de­sa­vin­das na Gui­né-Bis­sau a bus­car en­ten­di­men­to “atra­vés do diá­lo­go in­clu­si­vo, den­tro do res­pei­to pe­la Cons­ti­tui­ção do país”.

A CEDEAO não des­car­ta a ida à Gui­né-Bis­sau dos Pre­si­den­tes da Gui­né-Co­na­cri, da Li­bé­ria e do To­go, ca­so fra­cas­se a mis­são dos seus che­fes da di­plo­ma­cia.

In­sur­rei­ção no Par­la­men­to

A vi­si­ta da de­le­ga­ção de al­to ní­vel da CEDEAO acon­te­ce nu­ma al­tu­ra em que os de­pu­ta­dos que apoi­am o Go­ver­no da Gui­né-Bis­sau no Par­la­men­to ame­a­çam avan­çar com o pro­ces­so de des­ti­tui­ção do lí­der da Ca­sa das Leis, Ci­pri­a­no Cas­sa­má, que acu­sam de “ati­tu­de de­li­be­ra­da de blo­queio” ao fun­ci­o­na­men­to da As­sem­bleia da Re­pú­bli­ca.

Fa­lan­do em con­fe­rên­cia de im­pren­sa, o por­ta-voz dos 15 de­pu­ta­dos dis­si­den­tes do PAIGC e dos 41 do PRS afir­mou que os par­ti­dos vão to­mar di­li­gên­ci­as pa­ra des­ti­tuir Ci­pri­a­no Cas­sa­má das su­as fun­ções, por­que es­te “es­tá de má-fé” e tem ti­do uma “ati­tu­de de­li­be­ra­da de blo­queio” ao fun­ci­o­na­men­to do Par­la­men­to “pa­ra que a ins­ti­tui­ção não se pos­sa reu­nir pa­ra apro­var o pro­gra­ma do Go­ver­no”. Pa­ra Rui Di­as de Sou­sa, por­ta-voz de PAIGC, ape­sar da ex­pe­ri­ên­cia go­ver­na­men­tal e par­la­men­tar por es­tar no he­mi­ci­clo des­de 1994, Ci­pri­a­no Cas­sa­má “pro­vou não ser ca­paz de con­ti­nu­ar a ser o lí­der do Par­la­men­to gui­ne­en­se, por is­so, dis­se, de­ve ser des­ti­tuí­do”.

Ci­pri­a­no Cas­sa­má, fri­sou, por sua vez, que “tem fal­ta­do gra­ve­men­te às su­as res­pon­sa­bi­li­da­des e quan­do as­sim acon­te­ce a lei é cla­ra, so­bre a des­ti­tui­ção e os me­ca­nis­mos vão ser ac­ci­o­na­dos pa­ra que as­sim acon­te­ça”, con­cluiu Rui Dia de Sou­sa, um dos 15 de­pu­ta­dos ex­pul­sos do PAIGC.

Da­ni­el Em­ba­ló, vi­ce-lí­der da ban­ca­da par­la­men­tar do PRS, anun­ci­ou que o gru­po de de­pu­ta­dos que apoia o Go­ver­no de Ba­ci­ro Djá vai con­vo­car uma ses­são par­la­men­tar “com ou sem o con­sen­ti­men­to de Ci­pri­a­no Cas­sa­má”, pa­ra apro­var o pro­gra­ma do Exe­cu­ti­vo.

Con­se­lho de Se­gu­ran­ça

O Con­se­lho de Se­gu­ran­ça ma­ni­fes­tou nu­ma no­ta di­vul­ga­da no do­min­go “gra­ve pre­o­cu­pa­ção” com o im­pas­se po­lí­ti­co na Gui­né-Bis­sau e ins­tou os agen­tes na­ci­o­nais a cum­pri­rem a Cons­ti­tui­ção e o Es­ta­do de Di­rei­to, en­quan­to ten­tam en­con­trar uma so­lu­ção po­lí­ti­ca pa­ra a cri­se atra­vés do diá­lo­go.

No do­cu­men­to, o Con­se­lho de Se­gu­ran­ça des­ta­ca a “ne­ces­si­da­de ur­gen­te de ga­ran­tir um go­ver­no fun­ci­o­nal”, saú­dam o diá­lo­go em cur­so en­tre o PAIGC e o PRS e con­vi­dam os do­a­do­res a cum­prir as pro­mes­sas fei­tas na cha­ma­da “me­sa-re­don­da de Bru­xe­las” re­a­li­za­da em Mar­ço do ano pas­sa­do, “ten­do em men­te o im­pac­to do im­pas­se po­lí­ti­co na im­ple­men­ta­ção des­tes com­pro­mis­sos”.

O Con­se­lho de Se­gu­ran­ça lem­bra na no­ta as re­co­men­da­ções da 49.ª Con­fe­rên­cia de Che­fes de Es­ta­do e Go­ver­no da CEDEAO, na qual foi de­sig­na­da uma de­le­ga­ção pre­si­den­ci­al for­ma­da pe­los che­fes de Es­ta­do da Gui­né-Co­na­cri, Se­ne­gal e Ser­ra Le­oa, e des­ta­cou a ur­gên­cia do en­vio da mis­são.

As ac­ções con­jun­tas de par­cei­ros in­ter­na­ci­o­nais, en­tre os quais a ONU, a União Afri­ca­na, a União Eu­ro­peia, a CEDEAO e a CPLP são sau­da­das no do­cu­men­to, que en­co­ra­ja as du­as úl­ti­mas a to­ma­rem as “me­di­das ne­ces­sá­ri­as pa­ra or­ga­ni­zar um en­con­tro do Gru­po In­ter­na­ci­o­nal de Con­tac­to so­bre a Gui­né-Bis­sau, em con­sul­tas com to­das as par­tes in­te­res­sa­das”.

O co­mu­ni­ca­do di­vul­ga­do pe­lo Con­se­lho de Se­gu­ran­ça da Or­ga­ni­za­ção das Na­ções Uni­das re­fe­re o de­sa­fio de “com­ba­ter o trá­fi­co de dro­gas ilí­ci­tas e o cri­me or­ga­ni­za­do”, re­co­men­da “o en­vol­vi­men­to po­si­ti­vo das au­to­ri­da­des da Gui­néBis­sau e o apoio de do­a­do­res in­ter­na­ci­o­nais nes­te sen­ti­do”, pro­me­te con­ti­nu­ar a mo­ni­to­ri­zar a cri­se e ga­ran­te es­tar pron­to “pa­ra to­mar as me­di­das ne­ces­sá­ri­as pa­ra res­pon­der ao agra­va­men­to da si­tu­a­ção no país” da Áfri­ca Oci­den­tal.

AFP

Mem­bros do Con­se­lho de Se­gu­ran­ça da ONU de­ba­te­ram em No­va Ior­que for­mas de aju­dar a Gui­né-Bis­sau a re­sol­ver a cri­se po­lí­ti­ca

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.