Go­ver­no an­go­la­no é fe­li­ci­ta­do

ONG in­ter­na­ci­o­nal exal­ta o com­pro­mis­so e a co­ra­gem

Jornal de Angola - - SOCIEDADE -

A or­ga­ni­za­ção não go­ver­na­men­tal Ro­bin des Bois (Ro­bin dos Bos­ques), se­di­a­da em Pa­ris, Fran­ça, en­de­re­çou uma men­sa­gem de fe­li­ci­ta­ções ao Mi­nis­té­rio an­go­la­no do Am­bi­en­te, pe­las ac­ções e es­for­ços le­va­dos a ca­bo pa­ra o com­ba­te à ca­ça e ao co­mér­cio ile­gal de es­pé­ci­es, com des­ta­que pa­ra a proi­bi­ção das ban­ca­das de ven­da de pe­ças de marfim no Mer­ca­do do Ben­fi­ca, em Lu­an­da.

“Enal­te­ce­mos o com­pro­mis­so de An­go­la, de va­lor ines­ti­má­vel, em en­cer­rar o mer­ca­do in­ter­no de marfim bru­to e es­cul­pi­do, bem co­mo a quei­ma de marfim apre­en­di­do nos vá­ri­os pon­tos de en­tra­da e saí­da de pes­so­as. A vos­sa ac­ção é de co­ra­gem e con­fron­ta aque­les que não es­tão pre­o­cu­pa­dos com o in­te­res­se ge­ral e pa­tri­mo­ni­al e o va­lor cul­tu­ral de es­pé­ci­es sel­va­gens”, re­fe­re a men­sa­gem.

A Ro­bin des Bois re­a­fir­ma o seu apoio a An­go­la na adop­ção de pro­pos­tas re­la­ti­vas ao co­mér­cio in­ter­no, des­trui­ção de stocks ile­gais e re­for­mu­la­ção da lis­ta de ele­fan­tes, in­cluí­das no apên­di­ce nú­me­ro um da Con­ven­ção In­ter­na­ci­o­nal de Es­pé­ci­es em Vi­as de Ex­tin­ção (CITES).

A ONG se­gue di­a­ri­a­men­te os ca­sos de ca­ça ile­gal de ele­fan­tes e con­tra­ban­do de marfim re­la­ta­dos por en­ti­da­des pú­bli­cas nos seus paí­ses, atra­vés da im­pren­sa, or­ga­ni­za­ções não go­ver­na­men­tais na­ci­o­nais e in­ter­na­ci­o­nais. Co­mo par­te do seu tra­ba­lho, pu­bli­ca tri­mes­tral­men­te um bo­le­tim in­for­ma­ti­vo, “The trail” (A fu­ga), com in­for­ma­ções e aná­li­ses a res­pei­to da ca­ça e co­mér­cio ile­gais de es­pé­ci­es.

Um dos mai­o­res ob­jec­ti­vos da or­ga­ni­za­ção é in­for­mar so­bre a plu­ra­li­da­de das di­fi­cul­da­des en­fren­ta­das por ca­da Es­ta­do no seu ter­ri­tó­rio e os mei­os uti­li­za­dos pa­ra pro­te­ger os ele­fan­tes e ani­mais sel­va­gens. A Ro­bin des Bois apoia as de­ci­sões do Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te pa­ra ter­mi­nar com o co­mér­cio in­ter­no de marfim bru­to e es­cul­pi­do. O en­cer­ra­men­to dos mer­ca­dos do­més­ti­cos, a des­trui­ção dos stocks ile­gais de marfim e o re­for­ço das san­ções aos pre­va­ri­ca­do­res, são três me­di­das es­sen­ci­ais pa­ra con­ter a ca­ça ile­gal de ele­fan­tes e o con­tra­ban­do de marfim no Mun­do.

NI­CO­LAU VAS­CO

Ac­ções do Go­ver­no com vis­ta à pro­tec­ção dos ele­fan­tes des­per­tam aten­ção in­ter­na­ci­o­nal

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.