An­tó­nio Gu­ter­res ven­ce quar­ta vo­ta­ção

Jornal de Angola - - DESPORTO -

O ex-pri­mei­ro-mi­nis­tro por­tu­guês An­tó­nio Gu­ter­res ven­ceu a quar­ta vo­ta­ção in­for­mal do Con­se­lho de Se­gu­ran­ça pa­ra Se­cre­tá­ri­oGe­ral da ONU, que se re­a­li­zou on­tem. An­tó­nio Gu­ter­res con­se­guiu 12 vo­tos de “en­co­ra­ja­men­to”, dois de “de­sen­co­ra­ja­men­to” e um de “não­o­pi­nião”, ten­do me­lho­ra­do re­la­ti­va­men­te à vo­ta­ção an­te­ri­or, anun­ci­ou Mi­chel­le Ni­chols, cor­res­pon­den­te da Reu­ters nas Na­ções Uni­das.

Os qua­tro can­di­da­tos com me­lho­res vo­ta­ções são ho­mens e os qua­tro pi­o­res re­sul­ta­dos per­ten­cem a mu­lhe­res. Gu­ter­res me­lho­rou o re­sul­ta­do da úl­ti­ma vo­ta­ção, on­de ti­nha ti­do 11 vo­tos de “en­co­ra­ja­men­to”, três de “de­sen­co­ra­ja­men­to” e um de “não-opi­nião”.

Na pri­mei­ra vo­ta­ção in­for­mal do Con­se­lho de Se­gu­ran­ça, a 21 de Ju­lho, An­tó­nio Gu­ter­res re­ce­beu 12 vo­tos de “en­co­ra­ja­men­to” e três vo­tos de “não-opi­nião”. Na se­gun­da vo­ta­ção, que acon­te­ceu no dia 5 de Agos­to, o can­di­da­to por­tu­guês con­se­guiu 11 vo­tos de “en­co­ra­ja­men­to”, dois de “de­sen­co­ra­ja­men­to” e dois vo­tos de “não-opi­nião”.

O se­gun­do can­di­da­to a Se­cre­tá­rio-Ge­ral com me­lhor vo­ta­ção foi Mi­ros­lav Lajčák, mi­nis­tro dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros e vi­ce-pri­mei­ro-mi­nis­to da Es­lo­vá­quia, com 10 vo­tos de “en­co­ra­ja­men­to”, 4 de “de­sen­co­ra­ja­men­to” e um de “não­o­pi­nião”, uma vo­ta­ção me­lhor do que a an­te­ri­or (9-5-1). Vuk Je­re­mić, pre­si­den­te da As­sem­bleia das Na­ções Uni­das e an­ti­go mi­nis­tro dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros sér­vio, te­ve uma vo­ta­ção de 10-4-1, me­lho­ran­do re­la­ti­va­men­te à an­te­ri­or (7-5-3) e su­bin­do de ter­cei­ro pa­ra quar­to me­lhor clas­si­fi­ca­do.

A se­guir vem Srg­jan Ke­rim, ma­ce­dó­nio que já foi ex-pre­si­den­te da As­sem­bleia Ge­ral das Na­ções Uni­das, com 8-7-0, su­bin­do de sex­to (6-7-2) pa­ra quar­to lu­gar. Su­sa­na Mal­cor­ra, mi­nis­tra dos Ne­gó­ci­os Es­tran­gei­ros da Ar­gen­ti­na, foi a quin­ta me­lhor clas­si­fi­ca­da da vo­ta­ção, com 7-7-1, man­ten­do os vo­tos da vo­ta­ção an­te­ri­or, mas des­cen­do um lu­gar. Iri­na Bo­ko­va, a búl­ga­ra à fren­te da UNESCO, des­ceu da ter­cei­ra po­si­ção (7-5-3) pa­ra a sex­ta, com os mes­mos vo­tos. Da­ni­lo Türk, ex-Pre­si­den­te da Es­lo­vé­nia, pi­o­rou o re­sul­ta­do com 7-6-2 (ti­nha ti­do 5-6-4 em agos­to) e é ac­tu­al­men­te o sé­ti­mo clas­si­fi­ca­do. He­len Clark, ex-pri­mei­ra-mi­nis­tra da No­va Ze­lân­dia, des­ceu pa­ra oi­ta­vo lu­gar com o re­sul­ta­do de 6-7-2, em­bo­ra o re­sul­ta­do te­nha si­do me­lhor do que o an­te­ri­or (6-8-1).

A cos­ta-ri­que­nha Ch­ris­ti­a­na Fi­gue­res, se­cre­tá­ria exe­cu­ti­va da Con­ven­ção das Na­ções Uni­das pa­ra as Al­te­ra­ções Cli­má­ti­cas, pas­sou de úl­ti­mo lu­gar in ex ae­quo pa­ra pe­núl­ti­mo, ten­do con­se­gui­do o re­sul­ta­do de 5-10-0. Na­ta­lia Gher­man, pri­mei­ra-mi­nis­tra da Mol­dá­via, fi­cou em úl­ti­mo com 3-11-1, ten­do me­lho­ra­do re­la­ti­va­men­te à úl­ti­ma vo­ta­ção (2-12-1).

As­sim que um can­di­da­to reu­nir no­ve vo­tos en­tre os 15 paí­ses mem­bros e apro­va­ção de to­dos os mem­bros per­ma­nen­tes (Chi­na, Fran­ça, Rei­no Uni­do, Rús­sia e Es­ta­dos Uni­dos), o Con­se­lho de Se­gu­ran­ça re­co­men­da o seu no­me pa­ra apro­va­ção pe­la As­sem­bleia-Ge­ral das Na­ções Uni­das, que reú­ne re­pre­sen­tan­tes de 193 paí­ses.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.