Pro­jec­to Te­a­zan­go co­me­ça es­ta noi­te

Jornal de Angola - - CULTURA - RO­QUE SILVA |

Um pro­jec­to de mas­si­fi­ca­ção do teatro no Zan­go, de­no­mi­na­do “Te­a­zan­go”, co­me­ça ho­je, às 19h50, no Cen­tro Cul­tu­ral de Vi­a­na, no Zan­go 2, com a apre­sen­ta­ção da pe­ça “O tal ca­sa­men­to”, pe­lo gru­po Re­no­va­do­res.

“O tal ca­sa­men­to” é um dra­ma que re­tra­ta uma re­la­ção con­ju­gal re­ple­ta de so­fri­men­to, de jo­vens que não nu­trem qual­quer sen­ti­men­to amo­ro­so en­tre am­bos. O es­pec­tá­cu­lo se de­sen­ro­la no in­te­ri­or de um quar­to, de­pois dos jo­vens te­rem já con­traí­do o ma­tri­mó­nio.

O ca­sa­men­to é re­a­li­za­do por obri­ga­ção dos pais de am­bos, quan­do a ra­pa­ri­ga apa­re­ce grá­vi­da, que se­gun­do a si­nop­se foi unir o útil ao agra­dá­vel de acor­do aos seus in­te­res­ses.

Um ad­mi­nis­tra­dor e o ou­tro pas­tor vêm na união dos seus fi­lhos a opor­tu­ni­da­de de ca­da um al­can­çar os seus ob­jec­ti­vos pes­so­ais, en­tre os quais a pro­tec­ção dos seus ne­gó­ci­os.

O pro­jec­to sur­ge com o pro­pó­si­to de di­na­mi­zar a ar­te de re­pre­sen­tar, na­que­la cir­cuns­cri­ção ads­tri­ta ao mu­ni­cí­pio de Vi­a­na, cu­ja re­a­li­da­de não ani­ma os seus cri­a­do­res e apre­ci­a­do­res. A es­cas­sez de es­pa­ços con­dig­nos pa­ra que os co­lec­ti­vos apre­sen­tem os seus tra­ba­lhos com re­gu­la­ri­da­de, as­pec­to que tem con­tri­buí­do pa­ra o de­sa­pa­re­ci­men­to de gru­pos pro­mis­so­res, le­vou a que o gru­po Re­no­va­do­res e a di­rec­ção do Cen­tro Cul­tu­ral de Vi­a­na apos­tas­sem nu­ma ini­ci­a­ti­va pa­ra in­ver­ter o ac­tu­al qua­dro.

Nu­ma pri­mei­ra fa­se, as com­pa­nhi­as in­te­res­sa­das vão apre­sen­tar os seus es­pec­tá­cu­los às sex­tas-fei­ras até De­zem­bro, fac­to que po­de abran­ger os sá­ba­dos e do­min­gos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.