Aber­ta co­mis­são de inqué­ri­to pa­ra apu­rar res­pon­sa­bi­li­da­des

Di­rec­tor na­ci­o­nal acu­sa Fe­de­ra­ção de ir­res­pon­sa­bi­li­da­de

Jornal de Angola - - PORTADA - TE­RE­SA LUÍS |

O Ministério da Ju­ven­tu­de e Des­por­tos (Min­jud) re­a­li­za bre­ve­men­te a aber­tu­ra de um inqué­ri­to, pa­ra apu­rar os fac­tos re­la­ci­o­na­dos com a par­ti­ci­pa­ção das se­lec­ções na­ci­o­nais de Gi­nás­ti­ca, nas ca­te­go­ri­as de ju­ni­o­res e se­ni­o­res, no Cam­pe­o­na­to Afri­ca­no dis­pu­ta­do na ci­da­de na­mi­bi­a­na de Wal­vis-Bay.

A in­for­ma­ção foi anun­ci­a­da, on­tem, na con­fe­rên­cia de im­pren­sa re­a­li­za­da na Ga­le­ria dos Des­por­tos, pa­ra re­a­gir aos pro­nun­ci­a­men­tos do pre­si­den­te da Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Gi­nás­ti­ca (FAG), Au­xí­lio Ja­cob. A co­mis­são de inqué­ri­to con­ta­rá com a in­clu­são de fi­gu­ras li­ga­das ao des­por­to. António Go­mes, di­rec­tor na­ci­o­nal pa­ra Po­lí­ti­cas do Des­por­to, ga­ran­tiu que de­pois da con­clu­são do pro­ces­so se­rão ac­ci­o­na­dos os me­ca­nis­mos le­gais.“As declarações do pre­si­den­te da FAG, de al­gu­ma for­ma, co­lo­cam em cau­sa o bom no­me da nos­sa ins­ti­tui­ção. Não que­re­mos jul­gar nin­guém. Mas, ca­da um de­ve as­su­mir as su­as res­pon­sa­bi­li­da­des. Nós so­mos os le­sa­dos e en­quan­to Es­ta­do te­mos es­ta pror­ro­ga­ti­va”, fri­sou. In­da­ga­do so­bre a li­su­ra do inqué­ri­to, vis­to que o Min­jud é par­te en­vol­vi­da no pro­ces­so, ex­pli­cou: “Tam­bém se­rão con­vi­da­das fi­gu­ras que não es­tão li­ga­das ao ministério. As­sim que for cri­a­da a co­mis­são, va­mos anun­ci­ar a sua com­po­si­ção. Sem que­rer nos de­mi­tir das nos­sas res­pon­sa­bi­li­da­des, po­de­mos afir­mar que hou­ve in­cum­pri­men­to da fe­de­ra­ção, re­la­ti­vo às su­as obri­ga­ções e co­lo­cou o país nu­ma si­tu­a­ção cons­tran­ge­do­ra.”So­bre as me­da­lhas con­quis­ta­das na com­pe­ti­ção con­ti­nen­tal, António Go­mes dis­se se­rem ine­xis­ten­tes, por­que os atle­tas não fo­ram ins­cri­tos ofi­ci­al­men­te na pro­va. Em cau­sa, es­ta­va o in­cum­pri­men­to do pa­ga­men­to da ta­xa anu­al e o se­gu­ro de pro­va. “Fo­ram ins­cri­tos pa­ra as­pec­tos de pon­tu­a­ção. Con­for­me a do­cu­men­ta­ção em nos­sa pos­se, a con­quis­ta de cer­ca de 60 me­da­lhas não cor­res­pon­de à ver­da­de. Os di­ri­gen­tes fe­de­ra­ti­vos sa­bi­am que não com­pe­ti­ri­am ofi­ci­al­men­te e, de for­ma ir­res­pon­sá­vel, as­si­na­ram um ter­mo de res­pon­sa­bi­li­da­de por fal­ta de se­gu­ro”, des­ta­cou o di­rec­tor.

Quan­to ao pa­ga­men­to da quo­ta anu­al, António Go­mes re­a­fir­mou ser da res­pon­sa­bi­li­da­de ca­bal das fe­de­ra­ções, ca­ben­do às mes­mas ge­rir os fun­dos dis­po­ni­bi­li­za­dos pe­lo Es­ta­do e cum­prir com as su­as obri­ga­ções. O di­rec­tor re­al­çou ain­da que, es­te ano, a fe­de­ra­ção re­ce­beu va­lo­res pa­ra a sua ac­ti­vi­da­de cor­ren­te e, des­te, de­ve­ria es­ta­be­le­cer pri­o­ri­da­des. So­bre os 24 mil dó­la­res en­tre­gues à FAG pa­ra co­brir as des­pe­sas re­la­ci­o­na­das com o afri­ca­no, dis­se que o ministério te­ve com­par­ti­ci­pa­ção.“Foi au­to­ri­za­da a saí­da das se­lec­ções sem dis­pên­dio fi­nan­cei­ro do OGE, por nos te­rem confirmado que ti­nham con­di­ções pa­ra par­ti­ci­par no even­to. Mas, pos­te­ri­or­men­te, sen­ti­ram-se afli­tos em hon­rar os com­pro­mis­sos. To­dos aju­dá­mos”.

De­fen­deu tam­bém que a FAG de­via re­me­ter ao Min­jud um re­la­tó­rio so­bre o que acon­te­ceu, em vez de trans­mi­tir à opi­nião pú­bli­ca um con­jun­to de in­ver­da­des. “Não fi­ze­ram uma co­mu­ni­ca­ção ofi­ci­al ao ministério. So­bre os an­te­ce­den­tes, fi­cá­mos a sa­ber atra­vés das ins­ti­tui­ções in­ter­na­ci­o­nais (FIG e UGA) li­ga­das à mo­da­li­da­de”, dis­se.

Afir­mou igual­men­te que a gi­nás­ti­ca não fa­zia par­te das mo­da­li­da­des pri­o­ri­tá­ri­as, em ter­mos de par­ti­ci­pa­ção em even­tos in­ter­na­ci­o­nais.

JO­SÉ CO­LA

Me­da­lhas con­quis­ta­das e de­pois re­ti­das em Wal­vis -Bay pro­vo­cam po­lé­mi­ca en­tre ins­ti­tui­ções

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.