Amo­rim Ener­gia ven­de ca­pi­tal so­ci­al

Jornal de Angola - - ECONOMIA -

A Amo­rim Ener­gia, em­pre­sa com par­ti­ci­pa­ção da So­nan­gol, ven­deu cin­co por cen­to do ca­pi­tal so­ci­al que de­ti­nha na Galp por 484,69 mi­lhões de eu­ros, no­ti­ci­ou a im­pren­sa por­tu­gue­sa que ci­ta fon­tes da em­pre­sa.

O gru­po Amo­rim Ener­gia é con­tro­la­da em 55 por cen­to pe­lo em­pre­sá­rio Amé­ri­co Amo­rim – atra­vés da Power, Oil & Gas In­vest­ments BV (com 35 por cen­to do ca­pi­tal) e da Amo­rim In­ves­ti­men­tos Ener­gé­ti­cos SGPS SA (20) - e pe­la So­nan­gol atra­vés da Es­pe­ra­za Hol­ding BV (45).

A Galp acres­cen­ta ain­da no co­mu­ni­ca­do en­vi­a­do ao mer­ca­do que a Amo­rim Ener­gia “irá pro­ce­der ao lan­ça­men­to de uma ofer­ta par­ti­cu­lar das ac­ções, atra­vés de um pro­ces­so de ac­ce­le­ra­ted bo­ok­buil­ding, di­ri­gi­do ex­clu­si­va­men­te a in­ves­ti­do­res ins­ti­tu­ci­o­nais qua­li­fi­ca­dos, ten­do em vis­ta a ali­e­na­ção.”

“AA­mo­rim Ener­gia BV (AEBV) anun­cia que con­cluiu com su­ces­so a ven­da, em ofer­ta par­ti­cu­lar, de 41.462.532 ac­ções or­di­ná­ri­as (ofer­ta) re­pre­sen­ta­ti­vas de cin­co por cen­to do ca­pi­tal so­ci­al da Galp Ener­gia SGPS, SA (Galp)”, re­fe­re a in­for­ma­ção en­vi­a­da na noi­te de quin­ta-fei­ra à Co­mis­são do Mer­ca­do de Va­lo­res Mo­bi­liá­ri­os (CMVM) de Por­tu­gal. O pre­ço por tí­tu­lo des­ta ope­ra­ção foi de 11,69 eu­ros, cin­co por cen­to abai­xo do va­lor de fe­cho, na quin­ta-fei­ra, de 12,305 eu­ros.

A li­qui­da­ção da ofer­ta acon­te­ce no dia 20 de Se­tem­bro de 2016, com a en­tre­ga das ac­ções e o pa­ga­men­to do seu pre­ço à AEBV, acres­cen­ta o tex­to. Com a ven­da dos cin­co por cen­to, a Amo­rim Ener­gia con­ti­nua a de­ter uma par­ti­ci­pa­ção cor­res­pon­den­te 33,34 do ca­pi­tal so­ci­al da Galp. A fa­tia de cin­co por cen­to que ago­ra mu­da de mãos “é equi­va­len­te à par­ti­ci­pa­ção di­rec­ta­men­te ad­qui­ri­da pe­la AEBV à Eni, em Ju­lho de 2012, com o ob­jec­ti­vo de vi­a­bi­li­zar a saí­da da Eni do ca­pi­tal so­ci­al da Galp, o que re­sul­tou no re­for­ço da par­ti­ci­pa­ção di­rec­ta­men­te de­ti­da na Galp pe­la AEBV de 33,34 pa­ra 38,34 por cen­to”.Com a ven­da, Amé­ri­co Amo­rim ar­re­ca­dou 266,75 mi­lhões de eu­ros e a So­nan­gol fi­cou com os res­tan­tes 218,25 mi­lhões de eu­ros.

Em 2012, a ita­li­a­na Eni de­ci­diu ven­der gra­du­al­men­te a par­ti­ci­pa­ção que de­ti­nha na Galp de­pois de ter­mi­na­da a vi­gên­cia do acor­do as­si­na­do com a Amo­rim Ener­gia em 2010. O pro­ces­so de re­ti­ra­da da Galp foi fa­se­a­do e a AEBV exer­ceu a sua pre­fe­rên­cia de com­pra de cin­co por cen­to des­te ca­pi­tal.

Na al­tu­ra, fo­ram pa­gos 590 mi­lhões de eu­ros por cin­co por cen­to da par­ti­ci­pa­ção. Fo­ram ven­di­das 41,5 mi­lhões de ac­ções a 14,25 eu­ros por ac­ção, um va­lor pre­vi­a­men­te acor­da­do en­tre a Eni, Amo­rim e a Cai­xa Ge­ral de De­pó­si­tos.

O pro­ces­so de re­ti­ra­da da Eni da Galp só ter­mi­nou em No­vem­bro do ano pas­sa­do, al­tu­ra em que a Galp co­mu­ni­cou a ven­da de 33,1 mi­lhões de ac­ções or­di­ná­ri­as por ou­tros 325 mi­lhões de eu­ros. Com is­to, a ita­li­a­na dei­xou de de­ter qual­quer par­ti­ci­pa­ção na Galp, de­pois de ter si­do do­na de 33,34 por cen­to do ca­pi­tal – era o mai­or ac­ci­o­nis­ta a par de Amé­ri­co Amo­rim. Nas vá­ri­as tran­sac­ções que fez, a Eni en­cai­xou 3283 mi­lhões de eu­ros, de acor­do com um co­mu­ni­ca­do emi­ti­do pe­la Galp na da­ta da úl­ti­ma tran­sac­ção.

KINDALA MA­NU­EL

Ope­ra­ção da ofer­ta com ga­nhos pa­ra So­nan­gol tem a li­qui­da­ção pre­vis­ta pa­ra ama­nhã com a en­tre­ga das ac­ções e o pa­ga­men­to do pre­ço

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.