Mu­ca­ba me­lho­ra tra­ta­men­to de re­sí­du­os

Jornal de Angola - - PROVÍNCIAS - JO­A­QUIM JÚ­NI­OR |

O mu­ni­cí­pio de Mu­ca­ba, na pro­vín­cia do Uí­ge, tem me­lho­res con­di­ções pa­ra tra­tar os re­sí­du­os só­li­dos de­pois de um gru­po de 32 agen­tes co­mu­ni­tá­ri­os fa­zer uma for­ma­ção so­bre am­bi­en­te e sa­ne­a­men­to bá­si­co.

Re­a­li­za­da no âm­bi­to do Pro­jec­to “Mu­ca­ba Vi­la Lim­pa e Ar­bo­ri­za­da”, a for­ma­ção abre bons ce­ná­ri­os pa­ra a me­lho­ria das ac­ções de con­ser­va­ção, pro­tec­ção do am­bi­en­te e tra­ta­men­to do li­xo no mu­ni­cí­pio de Mu­ca­ba, con­si­de­rou on­tem a ad­mi­nis­tra­do­ra mu­ni­ci­pal.

Ma­ria Fer­nan­do Ca­vun­go fa­la­va no en­cer­ra­men­to da acção for­ma­ti­va e dis­se que a ca­pa­ci­ta­ção dos agen­tes acon­te­ce igual­men­te no qua­dro da im­ple­men­ta­ção do Pro­gra­ma de De­sen­vol­vi­men­to Ru­ral e de Com­ba­te à Po­bre­za, com vis­ta a me­lho­ria do sa­ne­a­men­to bá­si­co da vi­la.

A ad­mi­nis­tra­do­ra mu­ni­ci­pal de Mu­ca­ba re­fe­riu que a for­ma­ção vai aju­dar os agen­tes a im­pul­si­o­na­rem a con­ser­va­ção das in­fra-es­tru­tu­ras e a pro­tec­ção do meio am­bi­en­te, atra­vés da cri­a­ção de zo­nas ver­des, pa­ra ga­ran­tir o bem-es­tar da po­pu­la­ção.

“É um pro­jec­to im­por­tan­te que vai con­tri­buir na me­lho­ria da vi­da dos mu­ní­ci­pes, pois os mes­mos vão ser edu­ca­dos so­bre co­mo de­vem cui­dar do sa­ne­a­men­to bá­si­co e do am­bi­en­te”, dis­se Ma­ria Fer­nan­do Ca­vun­go, que pe­diu aos agen­tes re­cém-for­ma­dos pa­ra tra­ba­lha­rem em co­la­bo­ra­ção com a Ad­mi­nis­tra­ção Lo­cal do Es­ta­do na iden­ti­fi­ca­ção dos gran­des fo­cos de li­xo na vi­la e en­con­trar-se uma área pa­ra ser trans­for­ma­da em ater­ro sa­ni­tá­rio.

A ad­mi­nis­tra­do­ra mu­ni­ci­pal so­li­ci­tou a re­a­li­za­ção de um ca­das­tra­men­to dos ter­re­nos e ha­bi­ta­ções em es­ta­do de aban­do­no, a pro­mo­ção de cam­pa­nhas pe­rió­di­cas de lim­pe­za e em­be­le­za­men­to, sen­si­bi­li­za­ção das po­pu­la­ções pa­ra a mu­dan­ça de com­por­ta­men­to e o le­van­ta­men­to de ques­tões de sa­ne­a­men­to na ur­be.

Ma­ria Ca­vun­go acre­di­ta que com a iden­ti­fi­ca­ção das ques­tões aci­ma re­fe­ri­das, os agen­tes e a ad­mi­nis­tra­ção vão dis­por de con­di­ções pa­ra so­lu­ci­o­na­rem me­lhor as pre­o­cu­pa­ções re­la­ci­o­na­das com o sa­ne­a­men­to da mu­ni­ci­pa­li­da­de. O che­fe do de­par­ta­men­to de Am­bi­en­te da Di­rec­ção Pro­vin­ci­al do Ur­ba­nis­mo e Am­bi­en­te, Da­vid Men­des, con­si­de­rou im­por­tan­te a con­ser­va­ção do meio, atra­vés de bo­as prá­ti­cas co­mo a de­po­si­ção de re­sí­du­os em lo­cais in­di­ca­dos, ar­bo­ri­za­ção das zo­nas des­co­ber­tas e cons­tru­ção de la­tri­nas, ac­ções que po­dem aju­dar a pre­ve­nir as ca­tás­tro­fes na­tu­rais e do­en­ças.

Cons­ci­ên­cia eco­ló­gi­ca

Da­vid Men­des pe­diu aos agen­tes co­mu­ni­tá­ri­os pa­ra fis­ca­li­za­rem o es­ta­do da hi­gi­e­ne dos ri­os, on­de a po­pu­la­ção to­ma ba­nho e al­gu­mas ta­re­fas do­més­ti­cas, e pro­mo­ve­rem cam­pa­nhas de sen­si­bi­li­za­ção jun­to das co­o­pe­ra­ti­vas e as­so­ci­a­ções cam­po­ne­sas so­bre os pe­ri­gos do aba­te in­dis­cri­mi­na­do e quei­ma de­sor­de­na­da de ár­vo­res.

O che­fe do de­par­ta­men­to de Am­bi­en­te da Di­rec­ção Pro­vin­ci­al do Ur­ba­nis­mo e Am­bi­en­te pe­de tam­bém a par­ti­ci­pa­ção da po­pu­la­ção da re­gião nas cam­pa­nhas de plan­ta­ção de ár­vo­res.

Te­mas abor­da­dos

O pre­si­den­te da Ju­ven­tu­de Eco­ló­gi­ca de An­go­la (JEA) no Uí­ge, Félix Can­ga, abor­dou o te­ma “Sa­ne­a­men­to Bá­si­co e Cons­ci­ên­cia Eco­ló­gi­ca” e de­fen­deu a pro­mo­ção de cam­pa­nhas de sen­si­bi­li­za­ção nos mer­ca­dos, pa­ra a mu­dan­ça de com­por­ta­men­to das qui­tan­dei­ras.

Félix Can­ga dis­se que as men­sa­gens de­vem abor­dar a ne­ces­si­da­de da or­ga­ni­za­ção, hi­gi­e­ne no ma­nu­se­a­men­to dos pro­du­tos à ven­da e da lim­pe­za dos re­cin­tos de ex­po­si­ção dos bens co­mer­ci­a­li­za­dos, com vis­ta à pre­ven­ção de do­en­ças. Du­ran­te a acção for­ma­ti­va, os edu­ca­do­res co­mu­ni­tá­ri­os fo­ram mu­ni­dos de co­nhe­ci­men­tos so­bre a “Lei de Ba­se do Am­bi­en­te”, “Sa­ne­a­men­to Bá­si­co e Cons­ci­ên­cia Eco­ló­gi­ca”, “No­ções de Jar­di­na­gem e Plan­ta­ção de Ár­vo­res em Zo­nas Ur­ba­nas”, pa­ra aju­da­rem a po­pu­la­ção a me­lho­rar o seu com­por­ta­men­to em re­la­ção ao tra­ta­men­to do li­xo.

A ad­mi­nis­tra­do­ra mu­ni­ci­pal de Mu­ca­ba, Ma­ria Fer­nan­do Ca­vun­go, ga­ran­tiu que a po­pu­la­ção da re­gião vai con­ti­nu­ar a ser sen­si­bi­li­za­da no sen­ti­do de de­po­si­tar os re­sí­du­os só­li­dos em lo­cais apro­pri­a­dos e a evi­tar os fo­cos de li­xo jun­to das re­si­dên­ci­as, pa­ra se evi­tar do­en­ças, co­mo a ma­lá­ria, que na épo­ca chu­vo­sa, prin­ci­pal­men­te, tem pro­vo­ca­do mui­tos óbi­tos.

Das ac­ções em car­tei­ra pa­ra mu­dar a ima­gem da re­gião, acres­cen­tou, des­ta­que pa­ra a re­a­bi­li­ta­ção de jar­dins e ru­as, bem co­mo co­lo­ca­ção de as­fal­to e de lan­cis nas prin­ci­pais ave­ni­das do mu­ni­cí­pio de Mu­ca­ba.

JO­A­QUIM JÚ­NI­OR|MU­CA­BA

Po­pu­la­ção é acon­se­lha­da a de­po­si­tar os re­sí­du­os só­li­dos em lo­cais apro­pri­a­dos e a evi­tar os fo­cos de li­xo jun­to das su­as re­si­dên­ci­as

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.