Ban­cos cen­trais de­ba­tem su­per­vi­são

Jornal de Angola - - ECONOMIA -

Re­pre­sen­tan­tes dos ban­cos cen­trais de An­go­la, Bra­sil, Ca­bo Ver­de, Mo­çam­bi­que, Por­tu­gal, São To­mé e Prín­ci­pe e Ti­mor-Les­te reu­ni­ram-se na quar­ta-fei­ra, na ci­da­de de Praia, no seu quar­to en­con­tro de Su­per­vi­são dos Ban­cos Cen­trais de Lín­gua Por­tu­gue­sa, pa­ra par­ti­lhar as bo­as prá­ti­cas de su­per­vi­são e de apro­fun­da­men­to e ava­li­ar os pos­sí­veis me­ca­nis­mos de co­mu­ni­ca­ção, in­te­gra­ção e co­o­pe­ra­ção.

En­tre os te­mas de­ba­ti­dos, fi­gu­ram “Ris­cos e De­sa­fi­os pa­ra a Re­gu­la­ção e Su­per­vi­são das Ins­ti­tui­ções de Pa­ga­men­tos”, on­de es­tão in­cluí­das ins­ti­tui­ções de trans­fe­rên­cia de di­nhei­ro, com ên­fa­se pa­ra ca­nais di­gi­tais, e “Me­di­das de Ges­tão de Cri­ses Ban­cá­ri­as, Su­per­vi­são Com­por­ta­men­tal ver­sus Pru­den­ci­al”.

O Ban­co de Ca­bo Ver­de (BCV), or­ga­ni­za­dor do even­to, dis­se que num mun­do ca­da vez mais glo­ba­li­za­do a su­per­vi­são do sis­te­ma fi­nan­cei­ro tor­na-se ca­da vez mais com­ple­xa, não se con­fi­nan­do ape­nas a um úni­co país, sen­do ca­da vez mais re­le­van­tes os de­sa­fi­os da su­per­vi­são nu­ma ba­se con­so­li­da­da, daí a ex­tre­ma per­ti­nên­cia de par­ti­lha de ex­pe­ri­ên­ci­as, co­nhe­ci­men­tos, pro­ce­di­men­tos, pre­o­cu­pa­ções e de­sa­fi­os en­tre os ban­cos cen­trais par­ti­ci­pan­tes.

No que se re­fe­re a Ca­bo Ver­de, o Ban­co de Ca­bo Ver­de re­cor­da que a sua mis­são é as­se­gu­rar a ma­nu­ten­ção da es­ta­bi­li­da­de dos pre­ços e ga­ran­tir um sis­te­ma fi­nan­cei­ro só­li­do e efi­ci­en­te. To­das as ac­ti­vi­da­des do Ban­co de Ca­bo Ver­de são nor­te­a­das pe­lo Pla­no Es­tra­té­gi­co 2016-2019 e, no que to­ca à su­per­vi­são, o prin­ci­pal de­sa­fio do BCV é a es­ta­bi­li­da­de do sis­te­ma fi­nan­cei­ro na­ci­o­nal, dis­se a fon­te à agên­cia afri­ca­na de no­tí­ci­as Pa­na.

Uma das pri­o­ri­da­des nes­te do­mí­nio é con­tri­buir pa­ra a re­for­ma do Sis­te­ma Fi­nan­cei­ro Na­ci­o­nal e pa­ra a im­ple­men­ta­ção do no­vo qua­dro le­gal, no­me­a­da­men­te a Lei 61/VIII/2014, que de­fi­ne os prin­cí­pi­os ori­en­ta­do­res e o qua­dro nor­ma­ti­vo de re­fe­rên­cia pa­ra o Sis­te­ma Fi­nan­cei­ro, e a Lei 62/VIII/2014, que re­gu­la as ac­ti­vi­da­des das ins­ti­tui­ções fi­nan­cei­ras, con­si­de­ra o Ban­co de Ca­bo Ver­de.

“É nes­te con­tex­to que o Ban­co de Ca­bo Ver­de, par­ti­dá­rio do re­for­ço da re­gu­la­ção e da su­per­vi­são, ini­ci­ou um pro­ces­so de im­ple­men­ta­ção do Sis­te­ma de Ava­li­a­ção de Ris­cos e Con­tro­los, cu­ja apli­ca­ção lhe vai per­mi­tir co­nhe­cer me­lhor as es­tra­té­gi­as, os pla­nos de ne­gó­ci­os, o per­fil de ris­cos e a es­tru­tu­ra das ins­ti­tui­ções fi­nan­cei­ras e, em con­for­mi­da­de com es­te qua­dro, to­mar me­di­das que se im­põem.” A ins­ti­tui­ção do Fun­do de Ga­ran­tia de De­pó­si­tos, em ar­ti­cu­la­ção com o Go­ver­no, é ou­tra das pri­o­ri­da­des do Ban­co Cen­tral ca­bo-ver­di­a­no.

Com a sua cri­a­ção, pro­põe-se res­pon­der à ne­ces­si­da­de de con­fe­rir aos pe­que­nos de­po­si­tan­tes a ga­ran­tia de que os seus de­pó­si­tos se­rão re­em­bol­sa­dos, mes­mo no ca­so de a res­pec­ti­va ins­ti­tui­ção de cré­di­to se tor­nar in­ca­paz de o fa­zer, o que, se­gun­do a fon­te, cons­ti­tui um ele­men­to es­sen­ci­al pa­ra o re­for­ço da con­fi­an­ça no sis­te­ma ban­cá­rio e, por es­ta via, pa­ra a sal­va­guar­da da es­ta­bi­li­da­de do sis­te­ma fi­nan­cei­ro.

A ad­mi­nis­tra­ção do Ban­co de Ca­bo Ver­de re­a­li­zou em Ju­lho úl­ti­mo um en­con­tro com to­dos os re­pre­sen­tan­tes das ins­ti­tui­ções ban­cá­ri­as, com o ob­jec­ti­vo de ana­li­sar di­fe­ren­tes de­sa­fi­os que o sis­te­ma fi­nan­cei­ro na­ci­o­nal en­fren­ta na ac­tu­al con­jun­tu­ra eco­nó­mi­ca e fi­nan­cei­ra.

A cri­a­ção do Fun­do de Ga­ran­tia de De­pó­si­tos, a ma­te­ri­a­li­za­ção dos pla­nos de re­cu­pe­ra­ção e re­so­lu­ção de cri­ses ban­cá­ri­as, a lim­pe­za do cré­di­to mal­pa­ra­do do ba­lan­ço dos ban­cos e o even­tu­al re­for­ço da ca­pa­ci­da­de e da so­li­dez fi­nan­cei­ra fa­ce aos ris­cos de es­ta­bi­li­da­de são al­guns dos te­mas a de­ba­ter com o sec­tor ban­cá­rio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.