BAN­COS CEN­TRAIS REFORÇAM CO­O­PE­RA­ÇÃO Go­ver­na­dor do BNA na Áfri­ca do Sul

Jornal de Angola - - DESPORTO -

A ban­ca cor­res­pon­den­te é uma das ques­tões dis­cu­ti­das du­ran­te a vi­si­ta de dois di­as que o go­ver­na­dor do Ban­co Na­ci­o­nal de An­go­la (BNA), Val­ter Fi­li­pe, efec­tu­ou até on­tem à Áfri­ca do Sul, on­de se en­con­trou com o seu ho­mó­lo­go Le­set­ja Kganya­go.

Um co­mu­ni­ca­do do ban­co cen­tral in­di­ca que os go­ver­na­do­res do BNA e do Re­ser­ve Bank da Áfri­ca do Sul tam­bém dis­cu­ti­ram te­mas li­ga­dos ao me­lho­ra­men­to das re­la­ções en­tre os ban­cos co­mer­ci­ais an­go­la­nos e sul-afri­ca­nos, co­mo o fi­nan­ci­a­men­to de pro­jec­tos e do co­mér­cio.

A vi­si­ta, se­gun­do o do­cu­men­to, per­mi­tiu re­for­çar as re­la­ções bi­la­te­rais en­tre os dois ban­cos cen­trais e par­ti­lhar as ac­ções que o BNA e a ban­ca co­mer­ci­al an­go­la­na es­tão a em­pre­en­der pa­ra ade­quar o sis­te­ma fi­nan­cei­ro às nor­mas pru­den­ci­ais e às bo­as prá­ti­cas in­ter­na­ci­o­nais re­co­men­da­das por Ba­si­leia II e III e pe­lo GAFI.

O BNA anun­ci­ou que du­ran­te a vi­si­ta se­ri­am as­si­na­dos dois acor­dos de as­sis­tên­cia téc­ni­ca, um em su­per­vi­são ban­cá­ria, in­clu­são fi­nan­cei­ra, con­tro­lo cam­bi­al, tec­no­lo­gia de in­for­ma­ção, po­lí­ti­ca mo­ne­tá­ria, cam­bi­al e ges­tão das re­ser­vas in­ter­na­ci­o­nais lí­qui­das e ou­tro no do­mí­nio da for­ma­ção en­tre as aca­de­mi­as dos dois ban­cos cen­trais.

O go­ver­na­dor foi acom­pa­nha­do nes­sa des­lo­ca­ção pe­la vi­ce-go­ver­na­do­ra Su­za­na Mon­tei­ro, con­sul­to­res e di­rec­to­res dos Ga­bi­ne­tes de Re­la­ções In­ter­na­ci­o­nais, Co­mu­ni­ca­ção Ins­ti­tu­ci­o­nal e Aca­de­mia BNA.

Ban­co cor­res­pon­den­te é a en­ti­da­de que re­pre­sen­ta e pres­ta ser­vi­ços a uma ins­ti­tui­ção fi­nan­cei­ra ban­cá­ria em ins­ta­la­ções não per­ten­cen­tes a es­ta, me­di­an­te ter­mos pre­vi­a­men­te acor­da­dos en­tre as par­tes. Da­dos dis­po­ní­veis no Jor­nal de An­go­la in­di­cam que em No­vem­bro do ano pas­sa­do o ban­co sul-afri­ca­no First Rand es­te­ve en­tre os cor­res­pon­den­tes de ban­cos an­go­la­nos que ade­ri­ram a um pro­ces­so de mo­ni­to­ri­za­ção a An­go­la de­ter­mi­na­do pe­lo Gru­po de Ac­ção Fi­nan­cei­ra In­ter­na­ci­o­nal (GAFI), dan­do lu­gar a uma sus­pen­são tem­po­rá­ria do en­vio de no­tas de dó­la­res pa­ra o país.

A sus­pen­são foi le­van­ta­da em Fe­ve­rei­ro, de­pois da apre­sen­ta­ção de uma ava­li­a­ção efec­tu­a­da em fins de Ja­nei­ro por es­pe­ci­a­lis­tas do GAFI, que de­ter­mi­na­ram a ca­pa­ci­da­de de An­go­la cum­prir os pres­su­pos­tos im­pos­tos pa­ra o com­ba­te ao bran­que­a­men­to de ca­pi­tais e fi­nan­ci­a­men­to ao ter­ro­ris­mo, anun­ci­ou na­que­la al­tu­ra o Mi­nis­té­rio das Fi­nan­ças.

A Uni­ver­si­da­de de Ox­ford, no Rei­no Uni­do, pas­sou a ser a me­lhor do mun­do, de acor­do com o ran­king de 2016/2017 da pu­bli­ca­ção bri­tâ­ni­ca ‘Ti­mes Higher Edu­ca­ti­on’ (THE), di­vul­ga­do quar­ta-fei­ra. É a pri­mei­ra vez em 12 edi­ções que os Es­ta­dos Uni­dos não li­de­ram es­te pres­ti­gi­a­do ran­king. O Ins­ti­tu­to de Tec­no­lo­gia da Ca­li­fór­nia, que ocu­pa­va a pri­mei­ra po­si­ção des­de 2012, caiu pa­ra o se­gun­do lu­gar da ta­be­la. En­tre a ter­cei­ra e a no­na po­si­ção não hou­ve al­te­ra­ções.

EDU­AR­DO PE­DRO

Mis­são do Ban­co Na­ci­o­nal de An­go­la che­fi­a­da por Val­ter Fi­li­pe reu­niu na Áfri­ca do Sul com o go­ver­na­dor do “Re­ser­ve Bank”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.