Jo­vem ope­ra­do com su­ces­so após um mês com pé­nis erec­to

Uso in­dis­cri­mi­na­do de es­ti­mu­lan­tes se­xu­ais é pre­ju­di­ci­al

Jornal de Angola - - PARTADA -

Um jo­vem de 28 anos foi ope­ra­do de ur­gên­cia, no Hos­pi­tal Cen­tral Militar, em Luanda, por ter fi­ca­do, cer­ca de um mês, com o pé­nis erec­to, um pro­ble­ma que é de­sig­na­do na me­di­ci­na por pri­a­pis­mo, que é tra­ta­do, às ve­zes, pe­la via de uma in­ter­ven­ção ci­rúr­gi­ca.

O ca­so foi di­vul­ga­do na quin­ta­fei­ra pe­la agên­cia de no­tí­ci­as An­gop de­pois de ter con­tac­ta­do o mé­di­co ci­rur­gião Hen­ri­quez Gar­cia, que re­a­li­zou, com su­ces­so, a in­ter­ven­ção ci­rúr­gi­ca na se­gun­da-fei­ra.

O ci­rur­gião ex­pli­cou que “a saí­da, em mui­tos ca­sos”, pa­ra o tra­ta­men­to do pri­a­pis­mo, é a re­a­li­za­ção de uma ci­rur­gia pa­ra dre­nar o san­gue do pé­nis, dei­xan­do-o flá­ci­do no­va­men­te.

O jo­vem fi­cou com erec­ção du­ran­te 27 di­as, in­for­mou o mé­di­co, que dis­se ter a ope­ra­ção du­ra­do apro­xi­ma­da­men­te uma ho­ra e meia. O pa­ci­en­te já te­ve al­ta mé­di­ca e a sua iden­ti­da­de não foi re­ve­la­da. O mé­di­co aler­tou pa­ra a ne­ces­si­da­de de ha­ver uma re­gu­la­ção e fis­ca­li­za­ção ri­go­ro­sa so­bre a venda de me­di­ca­men­tos pa­ra a es­ti­mu­la­ção se­xu­al em An­go­la, por­que “mui­tos ho­mens, so­bre­tu­do jo­vens, es­tão a to­mar do­ses in­dis­cri­mi­na­das sem ne­ces­si­da­de”.

A erec­ção per­ma­nen­te du­ran­te ho­ras ou di­as cau­sa for­tes do­res, dis­se o mé­di­co, que aler­tou que, ca­so o san­gue fi­que acu­mu­la­do por mui­to tem­po e co­a­gu­le, há o ris­co de am­pu­ta­ção do pé­nis.

O ci­rur­gião ex­pli­cou que o pri­a­pis­mo é uma con­di­ção as­so­ci­a­da ou não a um es­tí­mu­lo se­xu­al, sen­do que o pé­nis erec­to não re­tor­na ao seu es­ta­do flá­ci­do ha­bi­tu­al.

A erec­ção é in­vo­lun­tá­ria, du­ra­dou­ra, ge­ral­men­te do­lo­ro­sa e po­ten­ci­al­men­te da­no­sa, po­den­do le­var à im­po­tên­cia se­xu­al ir­re­ver­sí­vel.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.