Mi­nis­tro re­pre­sen­ta o país em Washing­ton

Jornal de Angola - - ECONOMIA -

Uni­dos atin­gi­ram 2.456 mi­lhões de dó­la­res (cer­ca de 409 mil mi­lhões de kwan­zas) no pri­mei­ro se­mes­tre, com um sal­do fa­vo­rá­vel ao nos­so país. As ex­por­ta­ções pa­ra os EUA fi­ca­ram ava­li­a­das 1.610 mi­lhões de dó­la­res (268 mil mi­lhões de kwan­zas) e as im­por­ta­ções 845,6 mi­lhões (141 mil mi­lhões). A ba­lan­ça co­mer­ci­al per­ma­ne­ceu fa­vo­rá­vel a An­go­la de­vi­do à ex­por­ta­ção de pe­tró­leo e de di­a­man­tes em gran­de quan­ti­da­de, um co­mér­cio que o mi­nis­tro con­si­de­rou “vul­ne­rá­vel a cho­ques ex­ter­nos” e ne­ces­si­ta­do de di­ver­si­fi­ca­ção com op­ção por sec­to­res co­mo o flo­res­tal, a in­dús­tria, agri­cul­tu­ra, tu­ris­mo e ser­vi­ços. O AGOA é par­te da lei nor­te­a­me­ri­ca­na de co­mér­cio e de­sen­vol­vi­men­to de 2000 e fa­cul­ta aos paí­ses be­ne­fi­ciá­ri­os na Áfri­ca Sub­sa­ri­a­na que ain­da não têm um acor­do de co­mér­cio com os Es­ta­dos Uni­dos, o aces­so li­vre ao mer­ca­do da­que­le país.

As au­to­ri­da­des nor­te-ame­ri­ca­nas con­si­de­ram que o do­cu­men­to ele­va os es­for­ços afri­ca­nos de re­for­ma, me­lho­ra o aces­so ao cré­di­to dos Es­ta­dos Uni­dos, ob­ten­ção de co­nhe­ci­men­tos téc­ni­cos es­pe­ci­a­li­za­dos e es­ta­be­le­ce um diá­lo­go de al­to ní­vel so­bre co­mér­cio e in­ves­ti­men­to.

As ta­xas de co­mér­cio - AGOA e não AGOA - en­tre a Áfri­ca Sub­sa­ri­a­na e os Es­ta­dos Uni­dos cres­ce­ram de for­ma subs­tan­ci­al des­de a in­tro­du­ção des­ta lei, com os pro­du­tos afri­ca­nos ex­por­ta­dos pa­ra os Es­ta­dos Uni­dos a ex­ce­de­rem as im­por­ta­ções do con­ti­nen­te.

Em 2014 o co­mér­cio bi­la­te­ral abran­dou pa­ra 50 mil mi­lhões de dó­la­res, de­pois de atin­gir os 61 mil mi­lhões em 2013 e os 66 mil mi­lhões em 2012.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.