Do­a­do­res e go­ver­nos de­vem acer­tar ac­ções

Se­cre­tá­ria de Es­ta­do do Am­bi­en­te apre­sen­tou a pro­pos­ta na Con­fe­rên­cia de Jo­a­nes­bur­go

Jornal de Angola - - PARTADA -

A se­cre­tá­ria de Es­ta­do do Am­bi­en­te pa­ra a Bi­o­di­ver­si­da­de ape­lou sex­ta-fei­ra aos do­a­do­res in­ter­na­ci­o­nais a ca­na­li­za­rem pa­ra os go­ver­nos as aju­das des­ti­na­das ao es­tu­do de ele­fan­tes em Áfri­ca, em vez de li­da­rem com pes­so­as sin­gu­la­res. Pau­la Co­e­lho lan­çou o ape­lo em Jo­a­nes­bur­go, no en­con­tro de pe­ri­tos so­bre o “Es­ta­do do Elefante Afri­ca­no”, no âm­bi­to dos de­ba­tes da 17.ª con­fe­rên­cia so­bre o co­mér­cio de es­pé­ci­es da fau­na ame­a­ça­das de ex­tin­ção.

A se­cre­tá­ria de Es­ta­do do Am­bi­en­te pa­ra a Bi­o­di­ver­si­da­de e Áre­as de Con­ser­va­ção ape­lou aos do­a­do­res in­ter­na­ci­o­nais a ca­na­li­za­rem as aju­das des­ti­na­das ao es­tu­do de ele­fan­tes em Áfri­ca aos go­ver­nos, ao in­vés de li­da­rem com pes­so­as sin­gu­la­res.

Pau­la Co­e­lho lan­çou o ape­lo na sex­ta-fei­ra em Jo­a­nes­bur­go, Áfri­ca do Sul, no en­con­tro de pe­ri­tos so­bre o “Es­ta­do do Elefante Afri­ca­no”, no âm­bi­to dos de­ba­tes da 17.ª Con­fe­rên­cia das Par­tes da Con­ven­ção so­bre o Co­mér­cio In­ter­na­ci­o­nal de Es­pé­ci­es da Fau­na e da Flo­ra Sel­va­gens Ame­a­ça­das Pe­la Ex­tin­ção (CITES CoP17), que te­ve iní­cio a de 24 de Se­tem­bro e ter­mi­na na pró­xi­ma quar­ta-fei­ra.

A res­pon­sá­vel su­ge­riu aos do­a­do­res que de­ci­dam fa­zer es­tu­dos so­bre de­ter­mi­na­das es­pé­ci­es, pa­ra que ca­na­li­zem as aju­das aos go­ver­nos e in­di­quem, jun­to das au­to­ri­da­des do país be­ne­fi­ciá­rio, as or­ga­ni­za­ções não-go­ver­na­men­tais com as quais gos­ta­ri­am de tra­ba­lhar.

A se­cre­tá­ria de Es­ta­do in­for­mou aos mais de 150 de­le­ga­dos pre­sen­tes na sa­la, que o Pla­no Na­ci­o­nal de Ac­ção Pa­ra a Pro­tec­ção de Ele­fan­tes em An­go­la es­tá a ser im­ple­men­ta­do com efec­ti­vi­da­de e que já exis­te, em fun­ci­o­na­men­to, uma uni­da­de de apoio aos fis­cais das áre­as pro­te­gi­das. Pau­la Co­e­lho es­cla­re­ceu que a po­pu­la­ção de ele­fan­tes no país tem si­do bas­tan­te afec­ta­da pe­la mi­gra­ção in­ter­na e ex­ter­na tor­nan­do-se di­fí­cil de­ter­mi­nar o seu nú­me­ro exac­to. En­tre­tan­to, no prin­cí­pio des­ta se­ma­na, o di­rec­tor na­ci­o­nal pa­ra a Bi­o­di­ver­si­da­de do Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te, Jo­a­quim Ma­nu­el, tam­bém pre­sen­te em Jo­a­nes­bur­go, es­ti­mou que An­go­la tem en­tre oi­to mil e dez mil ele­fan­tes.

O es­pe­ci­a­lis­ta re­fu­tou as ale­ga­ções de al­guns pes­qui­sa­do­res da co­mu­ni­da­de in­ter­na­ci­o­nal so­bre o de­clí­nio do nú­me­ro de ele­fan­tes no país, nos úl­ti­mos 14 anos, e es­cla­re­ceu que hou­ve, até 2002, uma con­cen­tra­ção des­tes ani­mais na pro­vín­cia do Cu­an­do Cu­ban­go.

Com a con­quis­ta da paz, mui­tos dos ele­fan­tes an­tes con­cen­tra­dos na re­fe­ri­da re­gião re­gres­sa­ram às su­as áre­as de ori­gem, pe­lo que o Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te acre­di­ta que “hou­ve ape­nas uma dis­per­são da es­pé­cie e não de­clí­nio da po­pu­la­ção de ele­fan­tes no país”.

O téc­ni­co su­pe­ri­or do Mi­nis­té­rio do Am­bi­en­te ex­pli­cou que “há um tra­ba­lho ár­duo” con­jun­to dos mi­nis­té­ri­os do Am­bi­en­te, De­fe­sa Na­ci­o­nal, In­te­ri­or e da Ho­te­la­ria e Tu­ris­mo pa­ra a exe­cu­ção das ori­en­ta­ções so­bre a pro­tec­ção das es­pé­ci­es e, so­bre­tu­do, pa­ra a im­ple­men­ta­ção efec­ti­va das me­di­das que vi­sam pôr fim à ca­ça fur­ti­va e à co­mer­ci­a­li­za­ção do mar­fim. O en­con­tro de pe­ri­tos so­bre o “Es­ta­do do Elefante Afri­ca­no” foi pro­mo­vi­do pe­la or­ga­ni­za­ção não go­ver­na­men­tal nor­te-ame­ri­ca­na Vul­can, que con­vi­dou, além de An­go­la, os re­pre­sen­tan­tes do Botswa­na, Ugan­da, Bur­ki­na Fa­so e Cha­de. A se­cre­tá­ria de Es­ta­do do Am­bi­en­te, Pau­la Co­e­lho, che­fia a de­le­ga­ção de An­go­la que par­ti­ci­pa na 17.ª Con­fe­rên­cia das Par­tes da Con­ven­ção so­bre o Co­mér­cio In­ter­na­ci­o­nal de Es­pé­ci­es da Fau­na e da Flo­ra Sel­va­gens Ame­a­ça­das Pe­la Ex­tin­ção

NI­CO­LAU VAS­CO

A pro­tec­ção dos ele­fan­tes con­ti­nua a ser uma pre­o­cu­pa­ção da co­mu­ni­da­de in­ter­na­ci­o­nal

AN­GOP

Se­cre­tá­ria de Es­ta­do Pau­la Co­e­lho

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.