Li­vro de Ro­de­rick Neho­ne é apre­sen­ta­do em Lu­an­da

Jornal de Angola - - CULTURA -

O es­cri­tor Ro­de­rick Neho­ne pro­ce­deu na quin­ta-fei­ra, em Lu­an­da, à ven­da e ses­são de au­tó­gra­fos da sua mais re­cen­te obra li­te­rá­ria “A Carteira Luí­sa Dylon e Ou­tros Con­tos”, no Ca­mões-Cen­tro Cul­tu­ra Por­tu­guês.

O li­vro reú­ne 14 his­tó­ri­as, nar­ra­das num es­ti­lo co­lo­qui­al e fluí­do, ta­lha­das com o “gu­me” afi­a­do da iro­nia, um dos tra­ços mar­can­tes da sua es­cri­ta, con­si­de­ra­da pe­la crí­ti­ca li­te­rá­ria “uma das mais ful­gu­ran­tes re­ve­la­ções da fic­ção nar­ra­ti­va an­go­la­na”.

As his­tó­ri­as são con­tex­tu­a­li­za­das no tem­po e no es­pa­ço, on­de o au­tor vai des­fi­an­do, com o seu en­ge­nho li­te­rá­rio, fac­tos e per­so­na­gens re­ti­ra­dos do quo­ti­di­a­no, pre­do­mi­nan­te­men­te ur­ba­no de Lu­an­da, nu­ma mis­tu­ra de sen­ti­men­tos, emo­ções, an­sei­os, am­bi­ções, frus­tra­ções, di­le­mas, dra­mas, trai­ções, me­dos e fra­gi­li­da­des hu­ma­nas.

Em de­cla­ra­ções à An­gop, Ro­de­rick Neho­ne deu a co­nhe­cer que co­me­çou a es­cre­ver a co­lec­tâ­nea de con­tos em 2010 e ter­mi­nou em 2014, com uma ti­ra­gem de 2.000 exem­pla­res.

Ro­de­rick Neho­ne, pseu­dó­ni­mo li­te­rá­rio de Fre­de­ri­co Car­do­so, li­cen­ci­ou-se em Di­rei­to na Uni­ver­si­da­de Cen­tral de Las Vil­las, em Cu­ba, e foi do­cen­te da Uni­ver­si­da­de Agos­ti­nho Ne­to, de 1991 a 2004.

A obra do es­cri­tor Ro­de­rick Neho­nein­clui os li­vros de con­tos Gé­ne­se (Pré­mio An­tó­nio Ja­cin­to de Li­te­ra­tu­ra, em 1996), Es­tó­ri­as Dis­per­sas da Vi­da de um Rei­no (Pré­mio So­nan­gol de Li­te­ra­tu­ra, em 1996, O Ano do Cão (Pré­mio So­nan­gol de Li­te­ra­tu­ra, em 1998, Peu­ga­das de Mu­sa (2001), Tem­pos de Véu (2003), Uma Bóia na Tor­men­ta (2007) e Fi­lho Que­ri­do (2015).

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.