UNITA es­tá pre­o­cu­pa­da com qua­li­da­de do en­si­no

Jornal de Angola - - POLÍTICA - KÁTIA RA­MOS |

O pre­si­den­te da UNITA mos­trou­se no sá­ba­do pre­o­cu­pa­do com o ní­vel de en­si­no no país, ten­do afir­ma­do que o seu par­ti­do quer con­tar com uma co­mu­ni­da­de aca­dé­mi­ca sau­dá­vel pa­ra aju­dar a pro­mo­ver as mu­dan­ças que, se­gun­do ele, de­vem ocor­rer no pró­xi­mo ano, com as elei­ções ge­rais.

Isaías Samakuva ma­ni­fes­tou es­sa pre­o­cu­pa­ção du­ran­te um en­con­tro com es­tu­dan­tes uni­ver­si­tá­ri­os e pro­fes­so­res do en­si­no ge­ral do mu­ni­cí­pio de Cacuaco, em Lu­an­da, que te­ve o ob­jec­ti­vo de ou­vir as su­as pre­o­cu­pa­ções e ex­pli­car os ob­jec­ti­vos do par­ti­do.

Du­ran­te o en­con­tro, re­a­li­za­do nu­ma uni­da­de ho­te­lei­ra de Cacuaco, os es­tu­dan­tes pre­ten­de­ram sa­ber so­bre o que a UNITA tem tra­ça­do pa­ra me­lho­rar o en­si­no em An­go­la, ca­so ga­nhe as elei­ções do pró­xi­mo ano. Em res­pos­ta, Isaías Samakuva dis­se que o seu par­ti­do já tem as es­tra­té­gi­as de­fi­ni­das pa­ra as pró­xi­mas elei­ções. A UNITA, re­fe­riu, pre­ci­sa ape­nas de uma opor­tu­ni­da­de pa­ra po­der mos­trar que po­de fa­zer me­lhor se es­ti­ver no po­der. Ca­so a UNITA ven­ça as pró­xi­mas elei­ções, su­bli­nhou, da­rá à po­pu­la­ção tu­do aqui­lo que lhes é de­vi­do por di­rei­to e que não tem des­fru­ta­do da me­lhor for­ma, ten­do apon­ta­do a saú­de, o em­pre­go e um en­si­no de qua­li­da­de.

De­pois do en­con­tro com os es­tu­dan­tes uni­ver­si­tá­ri­os e pro­fes­so­res do en­si­no ge­ral do mu­ni­cí­pio do Cacuaco, o pre­si­den­te da UNITA vi­si­tou os bair­ros Mai­om­be e Be­lo Mon­te, on­de cons­ta­tou o fun­ci­o­na­men­to das es­tru­tu­ras do par­ti­do e as con­di­ções so­ci­ais da po­pu­la­ção.

Na sex­ta-fei­ra, Isaías Samakuva re­ce­beu no seu ga­bi­ne­te, na Mai­an­ga, es­tu­dan­tes uni­ver­si­tá­ri­os da­que­le dis­tri­to do mu­ni­cí­pio de Lu­an­da. Du­ran­te o en­con­tro de pou­co mais de du­as ho­ras, o po­lí­ti­co trans­mi­tiu aos es­tu­dan­tes a vi­são do seu par­ti­do pa­ra aqui­lo que ele con­si­de­ra ser “a cons­tru­ção de uma An­go­la di­fe­ren­te e prós­pe­ra pa­ra to­dos os seus fi­lhos”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.